ESTILO DE VIDA

Pense magro: histórias de quem usou o poder da mente para emagrecer

Pense magro: o processo para emagrecer exige mudança na forma de pensar. E quem aderiu à cirurgia bariátrica revela que não foi nada fácil

None
Imagens: Arquivo pessoal

por Redação Alto Astral
Publicado em 26/08/2016 às 16:08
Atualizado às 20:59

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Emagrecer não é uma tarefa fácil – todos sabemos disso. Mas mudar seus pensamentos em relação a alguns de seus hábitos pode fazer a diferença. Então, comece a pensar magro se inspirando na história de 3 pessoas que conquistaram esse objetivo!

Imagens: Arquivo pessoal

Imagens: Arquivo pessoal

Natália Demetrio

Antes: 107kg – Depois: 59kg (redução de 48Kg)
Tempo: 1 ano e 9 meses

“Mais que quilos a menos, o processo me deu uma vida melhor.”

Cansada de sentir vergonha de sua aparência, que atrapalhava seu relacionamento com novas amizades, Natália resolveu fazer uma mudança que exigiu determinação!

“Sempre estive acima do peso. Dentre as amigas, eu sempre era o referencial ‘gordinha’. À medida que crescemos, a autoestima vai diminuindo. Ao terminar meu primeiro relacionamento, pesava 107kg e me dei conta de que deveria mudar meus hábitos. Meu irmão estava para fazer cirurgia bariátrica, e isso me motivou a seguir o mesmo caminho.

O período antes da cirurgia exige muita paciência, pois são diversos exames e consultas com profissionais diferentes. Além da parte física (gastrologista, endocrinologista e cardiologista), existe a parte psicológica. O psicólogo me questionou e ouviu os meus medos e frustrações para indicar o melhor caminho a seguir.

O pós-operatório não é fácil, pois o organismo demora a se adaptar à nova rotina, e o psicológico sofre com o medo de engordar de novo. Mas me acostumei a regrar minha alimentação e controlar a ingestão de doces. Mais do que quilos a menos, o processo me deu uma vida melhor.”

O que Natália fez?

Buscou ajuda de profissionais em diversas áreas. Fez musculação aliada a exercícios aeróbicos.

Qual o conselho?

“Se algo não agrada, busque especialistas, que indicarão o melhor caminho. Em relação à cirurgia bariátrica, é um processo tranquilo, com resultados satisfatórios e que ajuda a manter a disciplina.”

Imagens: Arquivo pessoal

Imagens: Arquivo pessoal

Filipe Modolo

Antes: 93kg – Depois: 70kg (redução de 23Kg)
Tempo: 4 meses

“Por uma questão de autoestima, resolvi mudar.”

Filipe alimentava-se de maneira descontrolada e não pensava nas consequências para a sua vida. Além do sobrepeso, a alimentação afetava sua vida pessoal e, até mesmo, a satisfação consigo mesmo. Foi aí que ele resolveu tomar uma atitude!

“Por uma questão de autoestima, resolvi mudar. Quando subi na balança e, pela primeira vez na vida, passei dos 90kg, decidi que iria mudar meus hábitos e emagrecer. Não tinha nenhuma meta específica, eu só queria perder peso, o quanto conseguisse, pois não me sentia confortável com meu corpo naquele momento.

O processo de emagrecimento foi rápido, então não tive muitos momentos em que pensei em desistir, mas é claro que quase sempre batia uma tentação quando via algo gostoso. É aí que você tem que ter um autocontrole muito grande para saber o que é o ideal a se fazer. Só pequei em não ter procurado a ajuda de um profissional; isso foi muito perigoso e não recomendo a ninguém.

Mas, hoje, posso dizer que realmente sou feliz com meu corpo, e minha autoestima mudou muito, pois ela não costumava existir.”

O que Filipe fez?

Controlou sua alimentação, sem exagerar e nem se privar de nada. Investiu nas atividades físicas: ia e voltava da faculdade de bicicleta. Praticava jiu-jítsu duas vezes por semana.

Qual o conselho?

“O conselho maior que posso dar é ter força de vontade, traçar um objetivo e procurar um profissional para orientação alimentar e física. Ninguém é incapaz de emagrecer, então não ligue para brincadeiras de mau gosto. Ame-se mais do que qualquer outra pessoa e aprenda a sorrir com pequenas coisas; afinal, cada grama é uma conquista!

Imagens: Arquivo pessoal

Imagens: Arquivo pessoal

Mariana Carvalho

Antes: 124kg – Depois: 60kg (redução de 64Kg)
Tempo: 1 Ano e 6 meses

“O resultado sempre dependerá da minha força de vontade.”

Insatisfeita com o excesso de peso por 18 anos e após fracassar algumas vezes na busca pelo corpo que desejava, Mariana correu atrás e hoje incentiva pessoas em situação semelhante. “Fiz inúmeros regimes, tomei remédios e, mesmo praticando esporte desde os 11 anos, nunca obtive um resultado que me deixou 100% satisfeita com meu corpo.

Resolvi fazer a cirurgia bariátrica, com acompanhamento de profissionais, e conheci os riscos e benefícios do processo. A cirurgia foi um sucesso, mas não houve facilidade nenhuma! Esse resultado sempre dependerá de mim e da minha força de vontade. Meu desânimo e sedentarismo foram embora e, hoje, minha maior motivação sou eu mesma. Por isso, amo servir de inspiração para as pessoas que desejam emagrecer e levar uma vida mais saudável.”

O que Mariana  fez?

Procurou ajuda profissional para a cirurgia bariátrica. Aderiu às artes marciais: kickboxing e muay thai.

Qual o conselho?

Não deixe de comer o que você gosta, só não exagere! Se alguém pensa em fazer a cirurgia, eu digo que não me arrependo. Passaria mil vezes por tudo o que passei e espero evoluir cada vez mais, tanto fisicamente quanto espiritualmente e mentalmente!”

Veja também!

Pense magro: elas perderam peso com a força da mente

Pense magro: dicas de motivação para não sair da dieta

Texto:Vitor Manfio/Colaborador – Edição: Ricardo Piccinato

Entrevistas: Ricardo Piccinato e Karina Alonso/Colaboradora