Pense magro: dicas de motivação para não sair da dieta

Além de cortar doces e outros alimentos gordurosos, é necessário trabalhar seus pensamentos para melhorar a motivação na dieta

None
Foto: Shutterstock

por Redação Alto Astral
Publicado em 21/06/2016 às 11:39
Atualizado às 12:22

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Iniciar um processo de reeducação alimentar não é uma tarefa fácil. Seja com objetivo de emagrecimento ou para melhorar a qualidade de vida, ter foco e motivação é fundamental para atingir o objetivo. “Emagrecimento é um processo. Eu ouço muitas pessoas dizerem que é ‘só fechar a boca’, mas não é por aí. Se fosse simples seguir uma dieta, todos os seguidores das blogueiras fitness estariam esbeltos. Mudar hábitos não é algo simples e é por isso que a reeducação alimentar começa na cabeça. Se você está correndo na esteira da academia, você não vai desligá-la de uma hora para outra, porque você vai cair. É o mesmo raciocínio para dietas”, explica a psicóloga e coach em emagrecimento, Michele Intrator.

Foto: Shutterstock

Foto: Shutterstock

Além disso, o processo de reeducação é algo que deve ser levado para a vida toda e não um processo milagroso que acontece de um dia para o outro. A ansiedade é um dos principais motivos que levam uma pessoa a desistir da dieta, de acordo com a psicóloga.

É importante encarar o emagrecimento como algo para a vida toda, e não apenas para diminuir dois números da calça. Você estará investindo tempo, dinheiro, fazendo sacrifícios… Faz realmente a diferença se estiver fazendo por você mesmo e não por outro motivo, para poder entrar com serenidade no processo“, ressalta Michele, que afirma que a busca por resultados imediatos é a causadora de muitas frustrações.

A psicóloga dá dicas para não sair da dieta e se manter motivada:

1. Dificulte o acesso a guloseimas. Se você costuma deixar docinhos e lanches dentro da sua gaveta no trabalho, do criado-mudo em casa ou até mesmo na geladeira, se livre já dessas tentações.

2. Quando for a um self-service, primeiro olhe tudo o que está ao seu dispor antes de começar a colocar no prato, pois assim você já tem uma ideia do que vai escolher e não acaba exagerando ao colocar “um pouquinho de cada coisa”.

Foto: iStock

Foto: iStock

3. Aprenda a distinguir necessidade de desejo. Identifique o que você sente e pensa antes de comer, não coma no automático.

4. Procure se ocupar o máximo possível, assim você canaliza sua ansiedade e diminui a vontade constante de comer.

5. Evite comer na frente da TV. “Seu cérebro não estará completamente focado na comida e demorará a reconhecer a saciação”, ressalta Michele.

Foto: Istock

Foto: Istock

6. Diminua o tamanho dos pratos. Consequentemente suas porções também diminuirão.

7. Se escorregar na dieta, retome de onde parou. Não adianta se desesperar ou achar que o deslize arruinou todo o seu esforço e desistir de tudo, afinal, ter flexibilidade é fundamental. Siga firme e dê um passo de cada vez.

8. Lembre que emagrecer é só uma consequência. Adotar uma dieta balanceada e fazer exercícios são atitudes que farão bem para sua saúde e a perda de peso é só uma consequência disso.

emagrecimento-Shutterstock_Images

Foto: Shutterstock

Não se esqueça, com foco e motivação você consegue o que deseja!

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.