ESTILO DE VIDA

Peixes: confira 5 tipos que trazem mais qualidade para o seu prato

Veja 5 tipos de peixes que vão trazer mais qualidade para o seu cardápio. Escolha uma opção que seja do seu gosto e aproveite!

None
Foto Shutterstock.com

por Redação Alto Astral
Publicado em 25/09/2016 às 20:21
Atualizado às 20:57

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Cada tipo de peixe pode trazer um benefício diferente para seu organismo. Veja alguns exemplos, entenda suas propriedades e escolha a melhor opção para você!

salmão

Foto Shutterstock.com

1. Salmão

Exemplo de alimento rico nutricionalmente, um dos grandes benefícios deste peixe é a sua ação antienvelhecimento, já que contém vitamina A, responsável por manter a saúde da pele em ordem.

2. Cavala

É um dos peixes mais completos nutricionalmente, contendo, inclusive, vitaminas do complexo B (que auxiliam no ganho de
energia) e componentes que promovem ações antioxidantes e anti-inflamatórias no organismo, como a coenzima Q10.

3. Atum

Saboroso, também é facilmente encontrado na versão enlatada, enriquecendo saladas, tortas e outras receitas. Dentre seus muitos benefícios, destaca-se a presença do selênio, um mineral com poderosa ação antioxidante, que previne o envelhecimento precoce.

Sardinha na Brasa

FOTO: Shutterstock

4. Sardinha

Sua ação protetora para o coração é potencializada por conta da presença da vitamina B12, que atua no bom funcionamento do metabolismo. O bom de consumir a sardinha é a sua praticidade, por ser encontrada na forma enlatada. Porém, aconselha-se descartar o óleo antes do consumo.

5. Arenque

Além de uma poderosa fonte de ômega 3, esta espécie também contém altas quantidades de vitamina D, responsável pela absorção do cálcio no corpo, agindo em prol dos ossos e dentes e prevenindo a osteoporose.

Leita também:

Muitas opções!

“Os peixes gordos compreendem sardinha, salmão, arenque, cavala, truta, atum, tainha, anchova e cherne. Mas todos os peixes são bem-vindos, gordos ou magros, de água doce ou salgada: robalo, garoupa, cação, dourado, linguado, bacalhau, hadoque, pescada, corvina, surubim, namorado e merluza”, informa a nutróloga e médica ortomolecular Tamara Mazaracki.