7 passos para relaxar e vencer o cansaço! Siga você também!

Confira 7 passos para relaxar e deixar o seu dia a dia mais leve e saudável. São dicas simples que auxiliam desde o físico até o psicológico!

None
FOTO: Shutterstock

por Redação Alto Astral
Publicado em 25/10/2016 às 11:37
Atualizado às 11:48

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Para quem não leva um estilo de vida saudável (e vem sentindo o pique baixar justamente por isso), uma mudança na rotina pode parecer um desafio insuperável. Ainda mais se os maus hábitos já vêm de muito tempo e tanto o corpo como a mente oferecem bastante resistência para relaxar. Uma forma de se motivar é ter consciência de que os bons resultados irão aparecer, mesmo que não seja de forma imediata. Acredite, a recompensa ao final do caminho vale o esforço e, quando chegar lá, você estará se perguntando por que demorou tanto tempo para mudar

1 – Um bom café da manhã

A primeira das refeições deve prover energia suficiente para encarar trabalho, estudos, academia ou qualquer outra atividade que você desempenhe pela manhã. “O café da manhã é a primeira refeição após uma noite de sono, na qual o organismo passou muitas horas em jejum. Neste período, gasta-se energia, assim, é importante fazer a reposição de nutrientes ao acordar, para que possamos desempenhar de maneira adequada as atividades diárias”, destaca a nutricionista Cristina Diestel.

mesa-cafe-da-manha

FOTO: Shutterstock

2 – Faça as refeições na hora certa

Assim como o café da manhã deve ser praticamente uma obrigação logo ao levantar da cama, almoço e jantar também devem ocorrer nos horários certos e, o mais importante, substituídos por um lanche ou fast food somente em último caso. Aliás, entre as três principais refeições devem ser realizados pequenos lanches, de modo que você não passe mais do que três horas sem se alimentar.

3 – Exercite-se na hora certa

O esporte queima calorias e garante um corpo mais esbelto, sem falar que estimula a liberação na corrente sanguínea de hormônios indispensáveis para as sensações de prazer e relaxamento. “Na parte da manhã, depois de uma boa noite de sono, o organismo está mais relaxado e o metabolismo está a todo vapor. Neste período, os exercícios queimam mais calorias e liberam mais os hormônios adrenalina e endorfina, aumentando assim a sensação de bem-estar e dando mais disposição para enfrentar o dia que está por vir”, esclarece o personal trainer Xande Negão.

amigos-correndo-parque

FOTO: Shutterstock

4 – Alongue-se

A recomendação usual é alongar-se antes e depois de algum exercício. O que é muito válido, pois aquece e relaxa a musculatura antes de iniciar a atividade e evita seu encurtamento ao final da sessão. Porém, um bom alongamento deve ser feito também em momentos que a pessoa fica fisicamente sobrecarregada por longos períodos, ao dirigir ou ao ficar diante do computador por muito tempo.

5 – Reserve um tempo para você

Descubra qual é o seu próprio ritmo, e respeite-o. Nem que seja somente nos finais de semana, separe algumas horas exclusivas para você, em que possa passar o tempo da forma mais agradável: lendo um livro, indo ao cinema, passeando no parque ou até tirando um cochilo. O que importa é que você decida por conta própria o que irá fazer com esse tempo só seu.

mulher-feliz-lendo

FOTO: iStock.com/Getty Images

6 – Fique longe dos vícios

Álcool e cigarro podem até fornecer um prazer instantâneo. O problema é que as consequências do seu uso só serão percebidas a longo prazo. Primeiro, porque causam dependência e, a partir de certo tempo, exigirão dosagens maiores para um período de satisfação cada vez mais curto. Segundo, porque afetam de forma severa o organismo. Além de estarem relacionados diretamente a doenças como cirrose e câncer, aumentam a presença de radicais livres e acentuam os efeitos da idade sobre o corpo.

7 – Tenha um hobby

Um hobby é uma atividade de entretenimento, um passatempo lúdico que pode muito bem preencher o tempo livre citado acima. Boa parte deles envolve algum tipo de atividade artística como pintura, artesanato, teatro ou tocar um instrumento musical. Atividades como cozinhar e praticar um esporte também podem ser enquadradas nesta categoria.

Texto: Marcelo Ricciardi/Colaborador
Consultoria: Cristiane Pertusi, psicóloga; Cristina Diestel, nutricionista; Xande Negão, personal trainer

LEIA TAMBÉM

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.