Paraíso no Mediterrâneo: A Sardenha irá te encantar

A ilha de Sardenha é a porção da Itália mais afastada do continente e encanta pela força de sua natureza e originalidade de sua cultura.

None
As águas cristalinas da Sardenha são um dos símbolos do turismo da região. Foto: Wikimedia Commons

por Redação Alto Astral
Publicado em 20/07/2017 às 15:21
Atualizado às 14:14

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Com um litoral de aproximadamente 1.800 quilômetros de extensão, banhado pelas águas mais transparentes do Velho Mundo, a ilha da Sardenha é sinônimo de praia. E que praias! Impossível ir até lá e não se encantar com nenhuma delas. A geografia local colabora ainda com um terreno rochoso e acidentado, o que deixa as paisagens mais atraentes. Para completar, o clima é mesmo praiano: faz calor na maior parte do ano e o inverno é ameno.

Sardenha, um refúgio de praias

A porta de entrada da Sardenha é Cagliari, cidade que guarda na arquitetura e nos monumentos milhares de anos de história. Situada na baía dos Anjos, tem como uma de suas principais atrações o anfiteatro romano, que data do segundo século da Era Cristã. Com sorte, dá para assistir a um dos muitos espetáculos de ópera realizados no local. Outro destino com admiráveis tesouros arqueológicos é Nora, a mais antiga cidade da Sardenha, 35 quilômetros ao sul de Cagliari. Além do Pula, mais um teatro romano, os mosaicos da época do Grande Império preservados nas Terme di Levante são bem interessantes e valem a visita. Há vestígios da presença humana na Sardenha milhares de anos antes dos romanos. Em cidades ou pequenas vilas, encontram-se provas dessa ocupação, como a do povo nurágico que habitou a a ilha entre os séculos 19 e 3 a.C.

Imagem de um vilarejo praieiro na Sardenha, Itália

A vida na Sardenha é muito ligada ao mar. Foto: Pixabay/Donatella64

O litoral

Atualmente, a grande estrela do turismo na Sardenha é a badalada Costa Esmeralda, situada na região nordeste da ilha e um dos destinos preferidos de celebridades do mundo todo, o que o coloca também entre os mais caros. Aliás, sem ser proibitiva, a Sardenha não é barata, embora cada euro gasto por lá tenha sua compensação. A palavra-chave é planejamento e um pouco de pesquisa para encontrar opções mais em conta. A recompensa é uma experiência para a eternidade.

A sala de recepção para a Costa Esmeralda é a bela Olbia, principal porto da ilha e por si uma atração. Ainda na região norte, mas do lado oposto, Alghero é mais uma cidade que merece uma visita por suas belas praias. Outra área nobre, porém, menos conhecida é a Costa Rei, na região sul. Ótima para mergulho, com praias belíssimas e sítios arqueológicos, tem como principal cidade Villasimius e está próxima da capital Cagliari, por isso, o acesso é bem simples.

Na verdade, para onde se vai na Sardenha há uma bela paisagem ou um tesouro histórico. Isso sem contar que o povo sardo é bastante receptivo e a culinária local, dominada por frutos do mar e legumes, não fica devendo. O débito é por conta da dificuldade em ver e conhecer tudo o que a Sardenha oferece. É quase impossível — ainda bem.

Imagem de uma praia deserta na Sardenha, Itália

Na Sardenha, há praias para todos os gostos: as badaladas, para os festivos, e as quase desertas, para quem busca um refúgio de paz. Foto: Wikimedia Commons

Algumas atrações

PARCO NAZIONALE DEL GENNARGENTU
Na província de Nuoro fica uma das áreas de vegetação mediterrânea mais preservadas da ilha. O parque abriga ainda o Punta la Mamona, pico mais elevado da Sardenha, com 1.834 metros de altitude. Vale um passeio no Trenino Verde, um trem turístico com roteiro de quase 160 quilômetros.

PARCO NAZIONALE DELL’ASINARA
Esta área de preservação marinha é excelente para mergulho. Asinara é uma pequena ilha ao norte do território. Só pode ser visitada com guias e tem acesso por barcos que saem do porto de Stintino, vilarejo próximo a Sassari e Alghero.

Imagem do Monte Gennargentu, na Sardenha, Itália

Com 1.834m de altura, o Monte Gennargentu é o ponto mais alto da ilha da Sardenha. Foto: Wikimedia Commons

LEIA TAMBÉM

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.