ESTILO DE VIDA

Oxitocina: hormônio do amor que possui efeito alcoólico

Segundo um estudo, a Oxitocina, hormônio do amor, proporciona ao cérebro efeito semelhante ao do álcool. Leia mais sobre essa pesquisa!

None
Foto Shutterstock.com

por Redação Alto Astral
Publicado em 03/10/2016 às 18:15
Atualizado às 20:57

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Uma pesquisa realizada pela Universidade de Birmingham, na Grã-Bretanha, mostrou que a oxitocina, hormônio conhecido por seu papel em relações sociais, tanto entre cônjuges quanto entre pais e filhos, proporciona ao cérebro efeito semelhante ao do álcool.

Casal correndo

Foto Shutterstock.com

De acordo com os pesquisadores, o hormônio, que é produzido no hipotálamo, é capaz de despertar atitudes altruístas e afastar sensações como medo e estresse. E, apesar de existirem medicações que contenham a oxitocina, os estudiosos alertam para os perigos de utilizá-las sem orientação médica, ou inclusive consumir bebidas alcoólicas para enfrentar momentos difíceis, já que ambas possuem também efeitos negativos para a saúde, como a possibilidade das pessoas se colocarem em posições de risco.

Bebida alcoolica: barril, cerveja, cevada, garrafa, copo, caneca

Foto Shutterstock.com

Um dos pesquisadores, Steven Gillespie, destacou que a descoberta pode gerar benefícios para tratamentos de pacientes com problemas psicológicos ou psiquiátricos. O estudo usou pesquisas anteriores como base e foi publicado na revista Neuroscience & Biobehavioral Reviews.

Leita também: