Otite, brotoeja e rúbeola: saiba como tratar o bebê

Entenda os sintomas e saiba como prevenir otite, brotoeja e rubéola, três doenças comuns nos primeiros anos de vida dos bebês

None
FOTO: Shutterstock Images

por Redação Alto Astral
Publicado em 15/08/2016 às 10:46
Atualizado às 13:10

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Certas doenças são comuns no primeiro ano de vida, pois o corpo do bebê ainda não está preparado para combater diversos invasores. Por isso, é importante que os pais fiquem atentos aos sintomas e descubram as doenças logo no começo. Saiba o que causa e como prevenir três doenças comuns em bebês: otite, brotoeja e rubéola. Lembre-se de não medicar a criança em casa e sempre consultar um médico.

Saiba quais são os sintomas de doenças comuns nos bebês

FOTO: Shutterstock Images

Otite

O que é? Infecção no ouvido causada por vírus ou bactéria. O bebê passa a chorar intensamente, ter insônia, irritação, febre e até diarreia. Nas crianças mais velhas, fica fácil notar uma queda de audição.
Prevenção: não permita que caia água dentro do ouvido do bebê durante o banho. Manter sua cabecinha acima da linha do corpo durante as mamadas também evita que o leite “escorra” para os seus ouvidinhos. Evite também o uso excessivo de cotonetes.
Tratamento: dependendo da bactéria, o tratamento pode se dar com antibióticos e descongestionantes nasais. Em casos extremos, é necessário fazer uma cirurgia para promover a saída do líquido preso no canal do tímpano. Para aliviar a dor do bebê, pode-se fazer compressas quentes e oferecer alguns antitérmicos.

Brotoeja

O que é? Bolinhas brancas e avermelhadas que aparecem na pele do bebê. São causadas por calor, suor ou falta de ventilação provocada por roupinhas de tecidos grossos. Devido ao incômodo da coceira, é comum o bebê ficar muito irritado e não conseguir dormir direito.
Prevenção: invista nas roupas de algodão, que são levinhas e deixam a pele do bebê respirar.
Tratamento: pasta d’água, loção de calamina e óxido de zinco resolvem o problema. Quando a coceira se torna insuportável, o médico pode receitar algum antialérgico de uso oral.

Rubéola

O que é? Causado por vírus, a rubéola provoca febre, aumento dos gânglios do pescoço e axilas, além de manchas pelo corpo que não coçam. Não raro ela é confundida com o sarampo.
Prevenção: vacinação.
Tratamento: não há medicamentos específicos, mas é preciso acompanhamento médico.

Matéria publicada na revista Guia do Bebê Fisher Price, da Editora Alto Astral.
Revisão: Mariana Kohlrausch

SAIBA MAIS:

Cuidados com o bebê: é normal ter medo?

Brincadeiras para crianças com dislexia

Deixando as fraldas: como ensinar o bebê

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.