Saiba como combater a osteoporose com o leite e a banana

Você sabia que a alimentação é essencial para afastar doenças, não é? Leia a seguir como combater a osteoporose com o leite e a banana!

None
Além da banana, existem outras fontes de magnésio como as amêndoas, grãos integrais e damasco. FOTO: Shutterstock.com

por Redação Alto Astral
Publicado em 06/06/2017 às 09:00
Atualizado às 12:31

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Você sabia que não é apenas com o cálcio que se fortalece os ossos? Na realidade, outro mineral também é muito importante no processo: o magnésio. “É ele que fixa o cálcio nos ossos. Já foi detectado que a deficiência desse mineral é mais comum na mulher com osteoporose do que a deficiência de cálcio”, explica a nutricionista Carolina Viana Marques. Por isso, é necessário complementar a alimentação com ingredientes que sejam ricos em magnésio, para que o corpo consiga absorver todo o cálcio que foi ingerido. A banana e o leite, são ótimos exemplos: a primeira, é fonte de magnésio e potássio; o segundo é um dos mais conhecidos provedores de cálcio. Saiba mais como combater a osteoporose com o leite e a banana!

O que é osteoporose?

A osteoporose é uma doença que se caracteriza pela diminuição da densidade dos ossos do corpo. “É um problema silencioso, não tem sintomas, não dói, mas impacta muito a vida de quem sofre com ele, principalmente as mulheres”, explica o ginecologista Sergio Ramos. Isso porque ela diminui a resistência óssea e torna o paciente mais vulnerável às fraturas, que muitas vezes acontecem com os tombos.

Praticar exercícios físicos é uma das melhores prevenções para os problemas de saúde, incluindo a osteoporose. FOTO: iStock.com/Getty Images

Dupla infalível

Na hora de prevenir, dois alimentos são conhecidos pelo seu poder contra a osteoporose: a banana e o leite. O magnésio presente na banana colabora com a absorção do cálcio pelo organismo e não permite que ele seja perdido. Já uma xícara de leite possui cerca de 300mg de cálcio – de aproximadamente 1200mg necessários por dia. Dessa maneira, os dois ingredientes se tornam indispensáveis na vida de quem deseja prevenir os danos causados pela osteoporose. Outro fator essencial é a prática de atividades físicas, pois elas tonificam os músculos e melhoram o equilíbrio, evitando futuras lesões.

Atenção ao que se come

Já ficou claro que é importante o consumo dos dois minerais para combater os problemas causados pela osteoporose, não é mesmo? Porém é válido ressaltar que pode ocorrer uma “competição” entre os nutrientes ingeridos, como explica a nutricionista Andréia Gomes Martins João: “nesse caso, o maior competidor do cálcio é o ferro. É importante evitar a presença dos dois em uma mesma refeição, pois eles podem reagir entre si e dificultar a sua absorção pelo organismo. Por exemplo, um hábito alimentar que deve ser evitado: ingerir leite após o almoço; acrescentar achocolatado no leite – pois os fitatos presentes no mesmo também competem com o cálcio.”

Texto: Edgard Vicentini/Colaborador | Consultoria:  Andréia Gomes Martins João e Carolina Viana Marques, nutricionistas; Sergio Ramos, ginecologista

LEIA TAMBÉM: