Os males do ácido úrico

Saiba quais são as consequências do excesso da substância no organismo

None

por Redação Alto Astral
Publicado em 18/09/2013 às 08:22
Atualizado às 21:04

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Apesar do sucesso dos fast foods, a cada dia fica mais fácil encontrar pessoas que precisam e estão dispostas a apreciar uma dieta saudável. Uma alimentação regrada é fundamental para evitar alguns problemas, como o excesso de ácido úrico no sangue. E para ajudar a compreender melhor esse assunto, conversamos com o endocrinologista Wilmar Accursio. Confira!

Os males do ácido úrico

Foto: Shutterstock / Getty Images

Segundo o endocrinologista, o ácido úrico é uma substância produzida pelo próprio corpo humano a partir da metabolização de uma parte das proteínas que ingerimos. Essas proteínas, que são conhecidas como Purinas, podem ser encontradas em vários alimentos, como carnes vermelhas, frutos do mar, leguminosas e até bebidas alcoólicas como cerveja e vinho.

A produção do ácido úrico é natural e faz parte do funcionamento do nosso organismo. Parte dele permanece no sangue e pode ser dosado, mas o restante deve ser eliminado pelos rins e pelo intestino. O desequilíbrio dessa ação pode ser por conta da interferência de alguns medicamentos, por ter uma alimentação nada saudável ou por alguma deficiência nos órgãos responsáveis.

Quando em excesso, a presença do ácido úrico pode causar alguns problemas à saúde. “Ele pode formar cristais de urato no rim e, futuramente, cálculos renais ou precipitar dentro das articulações e produzir uma intensa inflamação com vermelhidão e muita dor”, explica Wilmar.

Devido às circunstâncias, a melhor forma de tratar o problema é por meio da perda de peso e a diminuição dos alimentos que contenham Purina. Porém, quando os sintomas forem percebidos, é de extrema importância que você procure a ajuda de um médico para te orientar no tratamento

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.