Tecido cardíaco feito com folhas de espinafre: sim, você não leu errado!

Sabia que é possível fazer uso das plantas para criar órgãos? Um estudo recente vem mostrando essa possibilidade com o espinafre. Entenda mais sobre isso!

None
Worcester Polytechnic Institute/Divulgação

por Redação Alto Astral
Publicado em 06/04/2017 às 13:02
Atualizado às 13:41

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

As novidades e os estudos na área da saúde são intermináveis, o que é bom, pois a busca por melhorar a qualidade de vida é comum entre todos. E o mais novo estudo feito por cientistas do Instituto Politécnico Worcester, nos EUA, descobriu a possibilidade de se criar órgão artificiais a partir de folhas de espinafre. Em especifico nesse caso, um sistema vascular para coração humano foi desenvolvido.

folha de espinafre como órgão artificial

Para chegar nesse resultado os cientistas usaram um tipo de detergente Worcester Polytechnic Institute/Divulgação

O  processo foi o seguinte: os pesquisadores pegaram um tipo de “detergente” e removeram o material celular do espinafre para que ele ficasse quase transparente, deixando a vista apenas suas redes vasculares. Além disso, a celulose também ficou intacta, pois ela é compatível com tecido mamífero e já tem um tempo que ela é usada na medicina regenerativa, por exemplo, engenharia de tecido de cartilagem, de tecido ósseo e cicatrização de feridas.

folha de espinafre

Fluidos avermelhados, similares ao sangue humano foram introduzidos na folha Worcester Polytechnic Institute/Divulgação

Após esse processo, a matriz da celulose foi fundida com células cardíacas humanas e cinco dias depois já começaram dar resultado: elas se construíram espontaneamente, como acontece com um coração humano tradicional. A equipe também introduziu fluidos avermelhados, similares ao sangue humano, na estrutura.

Para os autores dessa pesquisa, existem outras plantas que podem passar pelo mesmo método do espinafre, por exemplo, a madeira poderia substituir células ósseas humanas eventualmente. Porém, a pesquisa ainda é apenas uma prova do conceito criado pelos cientistas. Eles ainda precisam se certificar que o espinafre não será rejeitado pelo corpo humano. Além disso, eles planejam criar folhas mais resistentes, que tenham a espessura da parede que cobre o coração.

Leia também:

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.