ESTILO DE VIDA

Oncogenética: entenda o que é essa ferramenta e qual sua relação com o câncer!

Além da descoberta precoce, o tratamento adequado é muito importante na luta contra o câncer. Entenda como a oncogenética trabalha nesse sentido!

None
Descobrir a doença precocemente ajuda no sucesso do tratamento FOTO: shutterstock.com

por Redação Alto Astral
Publicado em 28/07/2017 às 11:00
Atualizado às 11:00

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

O câncer é uma doença que precisa ser descoberta cedo para que o tratamento seja possível e estudar o DNA, é o começo do caminho para o diagnóstico da doença. Se o DNA é o responsável por coordenar o desenvolvimento do corpo humano e pode sofrer alterações em sua sequência ou estrutura, por que não estudá-las mais a fundo? Assim, a investigação genética, que leva o  nome de oncogenética pelos seus criadores, vem conquistando cada vez mais espaço no entendimento das mutações que levam ao surgimento de tumores para muito além dos componentes hereditários.

Célula Cancerigena

O câncer é causado por uma alteração nas células FOTO: shutterstock.com

Entender as alterações moleculares das células cancerígenas pode não só fazer a diferença no diagnóstico precoce, como influenciar todo o processo de tratamento. Com base nessa percepção, cientistas do Memorial Sloan Kettering Cancer Center (MSKCC), de Nova York (EUA), fizeram o sequenciamento genético das células tumorais de mais de 10 mil pessoas, a partir de biopsias dos tumores. A pesquisa apontou que em 37% dos casos avaliados havia ao menos uma mutação genética com indicação de tratamento com medicações disponíveis no mercado.

O estudo também mostrou que outra parcela importante dos pacientes poderiam se beneficiar da imunoterapia de acordo com os dados do sequenciamento. Essa descoberta é especialmente importante por lançar luz sobre possibilidades de tratamento para indivíduos que não obtiveram boas respostas a diferentes terapias tradicionais.

Laboratório, microscópio, estudo

A oncogenética irá fazer um estudo profundo sobre câncer do paciente para indicar o tratamento específico FOTO: shutterstock.com

Entenda como funciona a oncogenética

Para o teste de identificação de possíveis alvos terapêuticos, é recolhido o DNA da amostra de tumor em bloco de parafina (produto de uma biópsia ou de cirurgia) . A partir desta investigação é possível determinar com maior precisão os tipos de tratamento para os quais o paciente é elegível. Assim, as chances de resposta positiva à terapêutica são maximizadas.

O estudo de plataforma genômica para teste de mutação no tumor analisa especificamente a célula cancerígena a fim de entender quais as principais alterações moleculares e definir o tratamento adequado ao caso, que faça a diferença para o paciente na hora de combater a doença.

Fonte Grupo Oncoclínicas e IdenGene

Leia também: