ESTILO DE VIDA

Obesidade: veja as consequências desse problema para a sua saúde!

A obesidade pode induzir ao aparecimento de outras doenças. Confira algumas dessas doenças que podem surgir quando você está acima do peso!

None
FOTO: iStock e Getty Images

por Redação Alto Astral
Publicado em 23/09/2016 às 20:00
Atualizado às 20:57

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

A obesidade pode induzir o aparecimento de outras doenças associadas, dentre elas diabetes, alterações de colesterol, apneia do sono, pressão alta e dores nas articulações. Veja como o excesso de peso prejudica a saúde e a qualidade de vida.

medindo circunferência da barriga

FOTO: iStock.com/Getty Images

Diabetes tipo 2

O diabetes tipo 2 está diretamente relacionado à obesidade. Estima-se que cerca de 60% a 90% dos diabéticos estão acima do peso. No organismo de uma pessoa obesa, a insulina não realiza adequadamente a sua função de transportar a glicose dos alimentos para as células. Assim, ela se acumula na corrente sanguínea. Como a glicose não chega até as células em quantidade suficiente, o pâncreas entende que deve produzir mais insulina e passa a ter um funcionamento desequilibrado. Quando chega a um ponto em que não consegue mais liberar insulina, o diabetes tipo 2 se instala.

Apneia do sono

A obesidade é um fator de risco para se desenvolver a apneia, caracterizada por várias paradas respiratórias durante o sono. Nessas pausas, a taxa de oxigênio no sangue cai, e o organismo responde liberando adrenalina, que causa o aumento da pressão arterial. A pressão alta associada ao batimento cardíaco acelerado e à queda de oxigênio no sangue pode provocar infartos e derrames. Em pessoas severamente obesas, as chances de ter apneia do sono chegam a ser 30 vezes maior se comparadas com quem está com peso considerado normal.

Leia também:

Pressão alta

O coração bombeia o sangue através das artérias para irrigar todos os órgãos do corpo. Quanto mais gordura tiver nas artérias, mais difícil será a passagem do sangue. Assim, o coração precisará fazer mais força que o normal para manter o sangue circulando, e a pressão dentro das artérias fica elevada. Esse é o diagnóstico da pressão alta, que pode provocar infartos. Uma pessoa é caracterizada hipertensa quando a pressão arterial medida ao menos três vezes está acima de 12 por 8.

Colesterol

A obesidade é uma das causas do aumento do colesterol ruim (LDL), que forma placas de gordura nas artérias. Dentre as principais conseqüências do LDL na saúde estão pressão alta, infarto, acidente vascular cerebral (AVC), trombose e cegueira. Esses problemas dependem do comprometimento da artéria que estiver obstruída pelas gorduras. Se uma artéria que irriga sangue para o cérebro entupir, a pessoa poderá sofrer um AVC. Se atingir as artérias do coração, poderá sofrer um infarto.