Connect with us

O que você está procurando?

Facebook Twitter Instagram Youtube pinterest
Alto Astral
Saiba o que é a Quaresma para os fiéis que a seguem
Saiba o que é a Quaresma para os fiéis que a seguem - Shutterstock

Estilo de Vida

O que é a Quaresma? Entenda período de preparação para a Páscoa

Entenda o que significa o período para o cristianismo, quando ele surgiu e quais as práticas mais comuns na Quaresma

A Quaresma é um período vivenciado por religiões cristãs durante os quarenta dias que antecedem a Páscoa, dia que representa a ressurreição de Cristo. Neste ano, por exemplo, ela vai do dia 14 de fevereiro a 28 de março.

Assim como a Páscoa, a Quaresma é uma data móvel, ou seja, varia de ano para ano e começa sempre na Quarta-feira de Cinzas.

Durante a Quaresma, muitos cristãos realizam algumas práticas de penitência, como os jejuns, e obras de caridade. A seguir, conheça mais sobre o que essa data representa para religiosos:

História

A Quaresma se consolidou no século IV d.C., no ano de 325. Foi quando aconteceu o primeiro Concílio de Niceia, um encontro de bispos para debater várias questões importantes sobre a fé cristã. O nome do período faz uma referência ao número 40, uma vez que nessa época essa era a quantidade de dias da Quaresma.

Porém, agora que você já sabe o que é a Quaresma, por que ela foi criada com 40 dias? Não se sabe ao certo, mas é possível perceber que vários acontecimentos bíblicos duraram esse período. É o caso do jejum de Cristo no deserto e do dilúvio ao qual Noé sobreviveu. Dessa forma, a associação com esse número pode vir daí.

Foi em 1969 que a época celebrada passou a ter 44 dias em vez de 40, quando o papa Paulo VI aprovou um decreto sobre a nova ordem do ano litúrgico.

Práticas na Quaresma

Sendo um período de preparação para a Páscoa, a Quaresma é vista pelos fiéis como o momento ideal para jejuns e caridades. Como esse jejum é feito fica a critério de cada um, todavia, ele costuma envolver a retirada de itens como a carne vermelha, doces ou bebidas alcoólicas.

Ademais, se realizam muitas orações e leituras bíblicas. O objetivo de tudo isso, segundo a tradição, é ampliar a devoção a Deus e se arrepender de seus pecados. Já na Sexta-feira Santa, logo após a Quaresma, mais pessoas ainda seguem a tradição de não comer carne vermelha ou mesmo de frango, optando pelo peixe.

Mais notícias como essa

Moda

Vestidos minimalistas permitem o uso de véus mais trabalhados e imponentes, que valorizam a noiva sem pesar na produção

Casa & Decor

Especialista lista dicas para limpar o banheiro da melhor forma possível e garantir um ambiente agradável e cheiroso

Saúde

Os efeitos estéticos da rinoplastia são muito conhecidos, mas poucos sabem que o procedimento pode ter benefícios para a saúde

Saúde

Termo é utilizado pelas pacientes para se referir a uma série de sintomas atribuídos ao implante mamário; cirurgião explica