ESTILO DE VIDA

Novembro azul: câncer de próstata tem prevenção!

O câncer de próstata representa 10% dos casos de cânceres em homens do mundo todo, mas é possível preveni-lo. Saiba como!

None
Foto iStock.com/Getty Images

por Redação Alto Astral
Publicado em 20/10/2016 às 19:32
Atualizado às 20:54

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

A próstata é uma glândula que só o homem possui e que se localiza na parte baixa do abdômen. É um órgão muito pequeno, tem a forma de uma maçã e se situa logo abaixo da bexiga e à frente do reto. Dados do Instituto Nacional de Câncer (INCA) revelam que o câncer de próstata, em valores absolutos, é o sexto tipo mais comum no mundo e o mais prevalente em homens, representando cerca de 10% do total de cânceres.

homem segurando fita azul

Foto iStock.com/Getty Images

Prevenção

Já foi comprovado que a alimentação pode prevenir esse tipo de câncer. Legumes, verduras, frutas, grãos e cereais integrais e alimentos com pouca gordura – especialmente de origem animal – ajudam a reduzir os riscos de desenvolver a doença. Pesquisas comprovam que o licopeno, substância encontrada em alimentos vermelhos, como o tomate, é capaz de agir em células cancerígenas, inibindo seu crescimento. Em conjunto com a alimentação, é recomendado a adoção de hábitos saudáveis: exercícios físicos diariamente, não fumar e consumir pouco álcool entram na lista.

Leia também:

O câncer de próstata pode ser hereditário: quem tem irmão ou pai com histórico tem de 3 a 10 vezes mais chances de desenvolver o problema. Por isso é essencial visitar um urologista com frequência. “Independente dos sintomas, homens com histórico na família devem fazer exames regulares a partir dos 40 anos, pois a doença tem aspecto hereditário. Os demais precisam do mesmo procedimento a partir dos 45 anos”, detalha o médico urologista Carlos Alberto Monte Gobbo, professor da Faculdade de Medicina da Universidade Estadual Paulista (Unesp).

Texto Lara Vendramini e Bárbara Gatti/Colaboradora | Consultoria Carlos Alberto Monte Gobbo, urologista e professor da Faculdade de Medicina da Universidade Estadual Paulista (Unesp)