ESTILO DE VIDA

Nicole mudou de profissão e hoje lucra até R$ 6 mil por mês vendendo cookies

Conheça a contadora Nicole Dinamarquez, que descobriu nos cookies uma maneira de trabalhar com o que gosta e ainda ganhar até R$ 6 mil por mês!

None
A vontade de mudar de vida fortaleceu o negócio de Nicole. Foto: acervo pessoal

por Redação Alto Astral
Publicado em 25/04/2017 às 08:10
Atualizado às 17:56

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Sabia que mesmo depois de se casar, ter filhos, se formar e trabalhar com a profissão que você escolheu, ainda é possível transformar sua rotina e tornar tudo ainda mais prazeroso? Com Nicole Dinamarquez foi assim. Aos 23 anos, casada e formada em contabilidade, ela passou de empregada a empreendedora! Inspirada pela irmã que vendia cookies na faculdade, a jovem acreditou em seu potencial e hoje ajuda outras pessoas na internet.

Antes de apostar na venda dos biscoitos, Nicole atuou em outro ramo. “Escolhi a área contábil, pois meus pais eram contadores, então achei que seria mais fácil trilhar este caminho. Mas quando estava na faculdade, percebi que não era isso o que eu queria. Trabalhei em diversas empresas e em nenhum momento fui feliz com o que eu estava fazendo”, conta.

nicole dinamarquez colocando a mão no queixo.

Nicole Dinamarquez trocou a contabilidade para vender cookies! Foto: acervo pessoal

O começo de tudo

Ao descobrir que estava grávida da primeira filha, Nicole percebeu que aquele era o momento de mudar. Mesmo tendo sucesso trabalhando com contabilidade, ela procurava uma alternativa para poder ficar mais tempo com a família e arcar com as novas despesas. “Vi minha irmã fazendo cookies para vender na faculdade e ganhando dinheiro com isso; mesmo fazendo somente um tipo de cookie e vendendo apenas à noite. Nisso, eu já comecei a imaginar o quanto se podia faturar vendendo o dia inteiro e aumentando o leque de sabores. Foi então que comecei a testar as receitas”.

Ela lembra que no começo nem tudo foi fácil. “Nunca fui boa na cozinha, fazia apenas o básico”. Mas com paciência Nicole percebeu que cozinhar e preparar cookies “não era questão de dom” como sempre acreditou, mas, sim, de prática! Ao rever sua história e colocar as mudanças na balança, ela avalia que têm valido a pena. “Sou casada e tenho uma filha. Não é fácil, mas, com certeza, quando eu trabalhava como contadora era muito mais difícil, pois tinha que focar mais na minha profissão. Hoje eu tenho flexibilidade com os meus horários e posso curtir muito mais a minha família”.

Com a ajuda do marido, Nicole embarcou na venda de cookies e acredita que tudo o que viveu foi importante para alcançar o sucesso do negócio. “No curso de contabilidade, temos aulas de administração. Contudo, o mais importante foi o apoio meu marido, que é empreendedor, e sempre me incentivou a empreender”.

cookies tradicionais com gotas de chocolate ao leite, colocados um em cima do outro, amarrados com uma fita de sisal.

Testar e aprimorar as receitas é essencial para o sucesso do negócio! Foto: Shutterstock

O negócio ponto a ponto

A história de Nicole que começou com a venda dos biscoitinhos nos corredores da faculdade, hoje ultrapassa os limites da internet. Ela acredita que trabalhar com dois canais de venda ajuda nos resultados, mas que a divulgação nas redes sociais é essencial para aumentar a clientela. “O trabalho tem que ficar conhecido. Então, o primeiro passo é a internet. Depois tem que sair oferecendo para as pessoas até formar a clientela”, explica. Segundo ela, com a divulgação boca a boca, os cookies vão ficando famosos.

Ela começou aos poucos, testando as receitas e vendo os resultados. Hoje, no curso online, Nicole ensina 13 receitas diferentes de cookies, mas avisa que o ideal é inovar. “Em meu curso, ensino os tipos mais vendidos, mas as possibilidades de combinação de recheios e de sabores que os cookies proporcionam são inúmeras”.

Para calcular o lucro, Nicole tem uma planilha de gastos para fazer as contas e formular o seu valor. “Colocamos uma média de 150% de lucro e, desse modo, o valor dos cookies variam de R$ 2,00 à R$ 4,00”, explica. Caso a intenção seja apostar em produtos mais elaborados e com ingredientes diferentes, Nicole avisa que não há problema em calcular uma maior porcentagem de lucro. “O lucro mensal é relativamente proporcional ao tempo de trabalho, mas minha média é entre R$ 2 a R$ 6 mil por mês. Para ganhar R$ 6 mil, você tem que trabalhar umas 10 horas por dia. Contudo, esse tempo é até conseguir uma boa clientela e ir aumentado a empresa”, pontua.

ingredientes reunidos em uma mesa para fazer cookies. Tem óleo, chocolate, farinha, fermento, manteiga, ovos e utensílios.

Você pode variar os ingredientes e criar muitos sabores! Foto: Shutterstock

Siga em frente

Com empenho, boas ideias e disposição em aprender, Nicole renovou os ares e conta um segredo para quem quer começar: “o primeiro passo é querer mudar de vida. Depois, testar as receitas e oferecer para os conhecidos avaliarem. Por último, divulgar o trabalho tanto pessoalmente quando pela internet”.

Ela acredita que quebrar a cabeça buscando qualidade e receitas saborosas de biscoitos é essencial. “Para ter um produto de qualidade é preciso testar várias receitas até achar o ponto certo de um cookie delicioso. Isso é um pouco trabalhoso e demorado, mas vale a pena”.

Para quem deseja entrar nesse negócio, Nicole dá as dicas: “não adianta você ter o melhor cookie do mundo se não souber vendê-lo, então divulgue o seu trabalho o máximo possível. Nós temos a maior arma de todas para divulgar, que é o Facebook, então use e abuse dele! Divulgue o trabalho em grupos, publique fotos dos cookies, crie páginas e envie aos amigos”.

Além disso, Nicole enfatiza que acreditar em si é o principal combustível para alcançar seus objetivos. “Algumas pessoas acham que é impossível ter esta renda trabalhando em casa, mas o impossível está em nossa mente, o pensamento negativo é que impede a realização de sonhos. Todo o resultado só depende de nós!”.

logomarca do curso cookies lucrativos da nicole dinamarquez.

Nicole criou o curso “Cookies lucrativos” para ajudar outras pessoas! Foto: Acervo Pessoal

O curso de Nicole Dinamarquez

♦ A venda de cookies se tornou a paixão de Nicole, tanto que hoje ela compartilha seus aprendizados e dicas na internet, no curso “Cookies lucrativos”. O projeto é recente, mas suas razões e resultados já são bastante expressivos. “A ideia do curso surgiu conversando com meu marido, há cerca de 6 meses, bem quando eu precisaria voltar a trabalhar e deixar minha filha na creche. Após encontrarmos esta alternativa e vermos o potencial deste mercado, não pensamos duas vezes em compartilhar isso com outras mulheres, mães e donas de casas que também podem fazer o mesmo e ajudar suas famílias”, conta ela.

♦ O curso é online e a divulgação é feita nas redes sociais e no site. “Todas as aulas podem ser vistas a qualquer horário e quantas vezes forem necessárias. A intenção é facilitar para os alunos e desmitificar que fazer cookies é difícil”.

♦ Da produção de receitas aos resultados obtidos, o curso dá dicas para a montagem e administração do próprio negócio. “Hoje, dedico boa parte de meu tempo a ajudar minhas alunas a conseguirem os resultados que desejam”, diz Nicole.

Texto: Guilherme Lima/Colaborador

LEIA TAMBÉM: