Motivos para tomar sopa

Veja por que as sopas fazem tão bem para a saúde e ainda ajudam a emagrecer

None

por Redação Alto Astral
Publicado em 22/07/2014 às 09:00
Atualizado às 21:04

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Elas são saborosas e protegem o corpo de diversas doenças, principalmente em casos de gripes e resfriados. Mas atenção! Para a sopa ficar poderosa, você deve escolher os ingredientes certos, sabendo combinar os legumes e as verduras. “Mas se alimentar apenas de caldos e sopas não é o recomendado, pois dessa maneira não se obtém uma reeducação alimentar. Além disso, a pessoa não consegue consumir somente sopas por muito tempo e, dependendo dos ingredientes utilizados, pode levar à deficiência de macronutrientes, como carboidratos, proteínas e gorduras, o que não é legal para a saúde”, explica a nutricionista Paula dos Santos Ribeiro, especialista do site de orientação nutricional e treinamento físico Foco & Saúde.

Motivos para tomar sopa

Foto: Shutterstock Images

Como escolher os ingredientes

A nutricionista explica que o ideal é que contenha um mix de verduras e legumes que, além de saudáveis, forneçam poucas calorias. “Devem também ter poucos carboidratos como batata, mandioca, mandioquinha, macarrão e arroz. Melhor também não adicionar massas e cremes”, diz. Uma boa dica é incluir linhaça e farelo de aveio ou de trigo, que aumentam a saciedade. Além disso, evite ervilha com bacon, feijão com macarrão e combinações que incluam creme de leite e queijos que são, geralmente, alimentos mais calóricos. Vale, ainda, passar longe do sódio e da gordura, como paio, lombo, calabresa, temperos e caldos industrializados. “Não é porque a sopa é dita como pouco calórica que se pode consumir uma panela inteira! O ideal é comer, no máximo, dois pratos fundos”, aconselha.

Sopa na dieta

Refeição rica em água e de baixa densidade energética, a sopa é muito utilizada em planos alimentares que objetivam a redução de peso. Além de serem pouco calóricas, elas ainda promovem saciedade, evitando que você  ‘belisque’ fora das refeições. Mas, para ter efeito, a sopa deve ser substituída corretamente. No lugar do almoço, por exemplo, ela deve ser completa e conter todos os nutrientes necessários, como carboidratos (arroz, macarrão, batata ou mandioquinha), proteínas (carne e frango ou grãos como feijão, ervilha ou lentilha), vitaminas, minerais e fibras, presentes principalmente em legumes e verduras (cenoura, chuchu, couve e abobrinha) e também em grãos integrais, como aveia, centeio e quinoa. Já no jantar, aconselha-se que sejam mais leves, à base de legumes, grãos e carne

TAGSSOPAS