ESTILO DE VIDA

Fuja do molho pronto: aprenda a preparar o seu em casa!

As opções industrializadas de molho geralmente contêm bastante sódio, além de açúcar e gorduras. Saiba quais opções podem compor sua mesa e faça o seu!

None
FOTO: Shutterstock

por Redação Alto Astral
Publicado em 17/08/2016 às 19:33
Atualizado às 21:00

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Seja no macarrão, na lasanha ou no nhoque, para ganhar mais nutrientes, opte sempre pelos molhos caseiros e naturais, que conservam benefícios e não prejudicam a saúde como os industrializados. Isso porque os molhos comprados prontos, geralmente, contêm bastante sódio, além de açúcar e gorduras, o que acaba aumentando os ponteiros da balança e comprometendo o bom funcionamento do organismo.

Conheça os molhos mais consumidos pelos amantes de massas e confira uma receitinha deliciosa do tradicional molho bolonhesa. Lembrando sempre de optar pela versão integral dos produtos na hora do preparo!

molhos-tipos-caseiros-saudaveis

FOTO: Istock.com/GettyImages

Saiba mais!

Receita: nhoque de arroz com molho de tomate 

3 molhos com pouca gordura para sua salada

Molho de tomate especial para sua massa

Sugo

Para o estudante de gastronomia Rodrigo Shiguematsu, cavatelli e talharim são as massas que mais combinam com o molho ao sugo, que consiste em cozinhar tomates maduros até obter um molho e temperá-lo com cebola, azeite e alho. Esse tipo de molho é riquíssimo em licopeno, antioxidanteque controla o colesterol. Folhinhas de manjericão frescas acrescentam um aroma irresistível.

Bolonhesa

Lasanha. Esse é o prato mais indicado para ser consumido com o molho, cuja receita tradicional leva tomate, carne, cenoura, manteiga, leite e temperos como ervas, alho e cebola. Vai bem também com macarrão tipo tagliatelle.

Branco

“Nós chamamos o molho branco de béchamel, e ele vai bem com canelone com recheio de frango desfiado”, opina Rodrigo. Manteiga, farinha de trigo e leite são a base da receita, que pede temperos como a noz-moscada. A dica é levar ao fogo a manteiga e a farinha até dissolver, e só depois acrescentar o leite, aos poucos.

Funghi

Funghi secchi são cogumelos desidratados. Na hora do preparo do molho, devem ser hidratados em vinho branco. Creme de leite light, cebola, sal e pimenta-do-reino complementam o molho funghi. Experimente com gnocchetti!

Pesto

Mais um molho capaz de ajudar no controle do colesterol, já que leva azeite e pinoles, ingredientes ricos em ômega-3. Alho, manjericão, queijo ralado e sal complementam a receita. Os ingredientes podem ser batidos no liquidificador ou socados em um pirão – depende da textura desejada. Combina com macarrão tipo bavette.

Rosé

A receita é simples: basta adicionar creme de leite light ao molho de tomate comum. Se quiser um toque adocicado, um pouco de ketchup vai bem! Experimente com penne e acrescente champignons. O molho rosé combina também com massas que vão ao forno.

Receita: molho bolonhesa caseiro

Rendimento: 5 porções

Tempo de preparo: 30min

Ingredientes:

*2 colheres (sopa) de azeite
*500g de carne moída
*1 cebola picada
*2 dentes de alho picados
*1 cenoura ralada
*1 xícara (chá) de tomates sem pele picados
*1 xícara (200ml) de água
*6 tomates maduros picados
*1 colher (chá) de açúcar
*Sal e pimenta-do-reino a gosto
*Orégano, manjerona e manjericão fresco picado a gosto

Modo de preparo

Aqueça uma panela com o azeite, acrescente a carne e frite por 5 minutos ou até dourar levemente. Adicione a cebola, o alho e a cenoura e refogue até dourar. Acrescente o extrato de tomate e frite por mais 2 minutos. Despeje a água, o tomate, o açúcar, sal, pimenta e as ervas a gosto. Cozinhe, em fogo baixo, com a panela tampada por 15 minutos, mexendo de vez em quando ou até encorpar. Sirva com a massa de sua preferência.

Texto: Marisa Sei/Colaboradora

Consultoria:  Rodrigo Shiguematsu, estudante de gastronomia

TAGS