Varie o cardápio com diferentes modos de preparo da batata-doce

Aprenda novos modos de preparo da batata-doce e deixe esse ingrediente ainda mais versátil na hora de compor o seu planto alimentar!

None
A batata-doce também faz bem para dores de artrite e artrose FOTO: iStock.com/Getty Images

por Redação Alto Astral
Publicado em 03/03/2017 às 13:17
Atualizado às 13:33

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Não resta dúvidas de que a batata-doce é um alimento poderoso que deve fazer parte da rotina de quem deseja uma fonte de carboidrato saudável. Pensando nisso, trouxemos alguns modos de preparo da batata-doce que serão de grande ajuda para diversificar as receitas com esse ingrediente. “É importante variar sua forma de consumo para não tornar a alimentação monótona, lembrando sempre de evitar ao máximo as frituras, que além de serem prejudiciais à saúde devido à grande quantidade de gorduras saturadas, também são prejudiciais aos pacientes de diabetes”, explica a nutricionista Marília Zielinsk. Aproveite!

Fonte de carbidratos complexos, a batata doce é aliada da boa forma. FOTO: Shutterstock.com

Cozida:

Talvez o método mais comum de preparo, mas também o que causa maior perda de nutrientes importantes. Para reduzir o prejuízo, a dica é diminuir o tempo de cozimento, a quantidade água utilizada e prepará-la com a casca, para não deixar que grande parte das vitaminas e minerais se percam na água.

Modo de preparo
Coloque as batatas em uma panela funda, de preferência com a casca, e adicione água até cobri-las apenas. Leve ao fogo médio por aproximadamente 20 minutos, lembrando que ele pode variar conforme a espessura da batata. Para saber se o cozimento está completo, utilize uma faca para espetar. Retire-as da água e tempere a gosto.

Assada:

Uma forma simples e prática de preparar a batata-doce é no forno. Ela pode ser envolta em papel alumínio e levada ao forno já temperada. Alho, sal, pimenta, salsinha e ervas finas são ótimas opções para dar sabor à raiz. Na hora do preparo, é necessário lavar muito bem as batatas porque o cozimento será feito com a casca. Outra dica é acrescentar um fio de azeite na hora de assá-la, como sugere Marília: “O azeite de oliva extra virgem é um grande aliado. Ele ajudará a dar mais sabor, além de fornecer gorduras de boa qualidade que contribuirão para a saúde.”

Quando feita no forno, a batata-doce sofre um aumento em seu índice glicêmico. FOTO: iStock.com/Getty Images

Modo de preparo
Após realizar a higienização das batatas, basta envolvê-las em papel alumínio e temperá-las a gosto. Leve ao forno pré-aquecido a 200ºC por 40 minutos e estará pronta para o consumo.

Vapor:

Essa é uma boa pedida para quem deseja preservar a grande maioria dos nutrientes. “Quando cozida no vapor, a batata conservará suas vitaminas e minerais pois não há perdas na água do cozimento ou por altas temperaturas”, destaca Marília. Vale ressaltar que será necessário um suporte vazado que possa ficar sobre uma panela com água fervente ou também uma panela especial para cocção por vapor.

Modo de preparo
Higienize as batata e corte-as em rodelas médias. Leve ao fogo 1l de água e posicione as rodelas sobre o suporte. Cozinhe por aproximadamente 20 minutos e verifique a maciez com um talher. Se ela estiver macia, apenas desligue o fogo e retire as rodelas já cozidas.

Purê:

Uma ótima maneira de variar o cardápio é adicionar o purê à refeição. Para isso, você irá precisar das batatas já cozidas.

o purê é uma deliciosa maneira de consumir batata-doce

É importante variar nos modos de preparo da batata-doce para não deixá-la enjoativa. FOTO: Rodrigo Moreira/Colaborador

Ingredientes:
*4 batatas-doces médias
*Sal e noz-moscada ralada a gosto
*2 colheres (sopa) de margarina
*1/2 xícara (100ml) de leite desnatado

Modo de preparo
Em uma panela, cozinhe as batatas-doces em água e sal até que estejam macias. Retire a casca das batatas-doces cozidas e passe no espremedor ou amasse com um garfo. Acrescente a margarina e leve ao fogo, sem parar de mexer, adicioando o leite, aos poucos. Quando ficar com ponto de purê, retire, tempere com sal e noz-moscada e sirva.

Texto: Edgard Vicentini/Colaborador

Consultoria: Marília Zielinsk, nutricionista

LEIA TAMBÉM:

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.