ESTILO DE VIDA

Terapias que ajudam controlar as emoções!

Quando você não consegue mais controlar as emoções, a saída é buscar ajuda ou métodos que possam amenizar o problema. Confira alguns exemplos.

None
Foto Shutterstock.com

por Redação Alto Astral
Publicado em 11/09/2016 às 19:54
Atualizado às 20:57

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Manter as emoções sob controle é algo que exige persistência, paciência e uma estratégia focada na qualidade de vida. Para ajudar você a manter o equilíbrio, que tal dar uma olhada nessas terapias que são verdadeiras aliadas do bem viver?

mulher ouvindo música

Foto Shutterstock.com

Musicoterapia

“Essa técnica acredita no ser humano e na sua possibilidade de pensar, sentir, buscar e direcionar necessidades. Nesse contexto de acolhimento da pessoa com suas questões e sofrimentos, esse método age de uma forma suave e prazerosa, aproveitando-se das inúmeras potencialidades da música e de seus elementos para atingir as necessidades terapêuticas de cada pessoa”, justifica a psicóloga Paula Dias Félix.

Acupuntura

Ela consiste na aplicação de pequenas agulhas em diversos pontos do corpo, responsáveis por recuperar o organismo de danos tanto físicos quanto psicológicos. “Acupuntura age através do equilíbrio energético no organismo, gerando assim um equilíbrio físico, emocional e bioquímico. No tratamento fazemos uma avaliação para saber qual a instabilidade específica daquele paciente, pois existem muitos tipos de oscilações que podem causar a depressão. Corrigindo o desequilíbrio, os sintomas da depressão desaparecem e a pessoa se sente mais disposta, feliz, melhora a qualidade do sono e a concentração”, conta a acupunturista Tylá Pillotto Duarte.

Equoterapia

Desenvolve atividades que o paciente deve realizar sobre cavalos. Esse exercício permite o desenvolvimento da musculatura, aumenta a flexibilidade e melhora a coordenação motora e o equilíbrio. Além de ser recomendada para pessoas com algum tipo de deficiência, é indicada para quem sofre com problemas psicológicos.

mulher praticando ioga

Foto Júlio Ricco / Colaborador

Ioga

“A prática de ioga pode ser uma grande aliada para prevenção dos quadros de depressão, por todos os seus benefícios já conhecidos. Uma pesquisa americana evidenciou que a prática do ioga aumentava os níveis de um neurotransmissor (o GABA), em até 27%, o mesmo que está diminuído nos quadros de depressão e ansiedade”, conta o instrutor de ioga e meditação Salvador Hernandes.

Artes plásticas

Esta técnica ajuda a esquecer os problemas, sem contar que os resultados são maravilhosos e, além de deixar a casa mais bonita, ainda pode ajudar no orçamento do lar. Procurar um curso é um ótimo passo para começar a se aperfeiçoar. As possibilidades são enormes: seja em trabalhos com telas, cerâmica ou biscuit, basta escolher aquele que mais combina com você e começar.

Dança

“Os estudiosos comprovam que dançar ajuda na tonificação muscular, na melhoria da flexibilidade, espanta o estresse, ajuda na perda de peso, no controle do colesterol e no condicionamento físico, além de ser um ótimo exercício para estreitar relacionamentos, combater a depressão, promover a diversão e aumentar a disposição e autoestima das pessoas”, conta o educador físico Caito Junior.

Saiba mais:

Doença do século: confira 10 indícios de que você está com depressão

Bipolaridade: quando alegria e a tristeza são um excesso!

Ansiedade pode ser sinal de outros transtornos

Consultoria Caito Junior,  educador físico; Salvador Hernandes, instrutor de ioga e meditação; Tylá Pillotto Duarte, acupunturista; Paula Dias Félix, psicóloga