ESTILO DE VIDA

Mente e corpo: uma relação saudável!

É preciso que haja uma relação equilibrada entre corpo e mente. Essa união mantêm tudo regularizado, ou seja, o organismo em ordem.

None
Foto Shutterstock.com

por Redação Alto Astral
Publicado em 07/09/2016 às 20:07
Atualizado às 20:57

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

É preciso que exista um equilíbrio entre corpo e mente para que o organismo funcione bem. “Quem padece de um transtorno de ansiedade pode apresentar sintomas físicos em qualquer outro órgão ou sistema do corpo – taquicardia, sudorese excessiva, dor de cabeça, aumento da pressão arterial”, explica o psiquiatra Eduardo Birman. A medicina caracteriza esses casos como doenças psicossomáticas. “Em outra síntese, é uma enfermidade física derivada de fatores psicológicos”, esclarece o psicanalista Paulo Miguel Velasco.

ilustração de um cérebro

Foto Shutterstock.com

O 2º CÉREBRO

Nas últimas décadas, pesquisadores descobriram que o intestino, além de responsável pela digestão, é importante no controle de emoções, e passaram a chamá-lo de “segundo cérebro”. O que o faz levar esse título é a quantidade de neurônios presentes no Sistema Nervoso Entérico. São cerca de 100 milhões e, entre eles, estão os neurotransmissores, que transmitem impulsos nervosos entre neurônios e nervos. “O intestino possui uma vasta rede neuronal e é por meio dela que conseguimos sentir ‘frio no estômago’ quando estamos com medo, ou ‘borboletas’, quando nos apaixonamos”, esclarece Helena Moura, psiquiatra. E quando a pessoa está nervosa, por exemplo, também é ele quem dá o sinal de alerta.

MEDICINA ORIENTAL

A Medicina Tradicional Chinesa (MTC) afirma que pensamentos interferem diretamente na saúde física. “O desequilíbrio dos pensamentos e das emoções acarreta em uma agressão lenta e contínua dos órgãos que regem nosso corpo e isso, em longo prazo, dá origem às doenças”, explica a especialista em MTC, Cristiane Gussi.

Saiba mais:

Cérebro: 8 curiosidades que você não sabia

Pratique agora mesmo 6 exercícios para o cérebro

Cérebro: o desafio de exercitar sempre

Consultoria Paulo Miguel Velasco, psicanalista; Eduardo Birman, psiquiatra; Cristiane Gussi, especialista em MTC;  Helena Moura, psiquiatra