Por que parece que temos cada vez menos tempo?

"Senhor" de nossos destinos, o tempo é sempre o mesmo. Mas a maneira com a qual o percebemos muda constantemente. Como isso acontece?

None
(Foto: Shutterstock)

por Redação Alto Astral
Publicado em 06/02/2018 às 08:37
Atualizado às 08:49

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Quem nunca teve a sensação de que 24 horas não são suficientes para cumprir todas as tarefas de um dia? Ou, no réveillon, comentou: “Esse ano passou voando”? Por outro lado, todo mundo já vivenciou um momento no qual a impressão era de que o tempo não passava de jeito nenhum.

Segundo o dicionário, o tempo pode ser definido como “período sem interrupções no qual os acontecimentos ocorrem; continuidade que corresponde à duração das coisas (presente, passado e futuro); o que se consegue medir através dos dias, dos meses ou dos anos”. No entanto, sabendo da teoria, como explicar os instantes em que um minuto é diferente do outro dependendo da situação em que estamos inseridos?

Texto: Érika Alfaro

LEIA TAMBÉM

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.