ESTILO DE VIDA

Qual a diferença entre memória de curto e longo prazo?

O cérebro é responsável pela formação de todas as memórias novas que adquirimos que, basicamente, são divididas em 2 tipos: a de longo e a de curto prazo.

None
FOTO: Freepik

por Redação Alto Astral
Publicado em 06/01/2017 às 09:57
Atualizado às 16:47

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Basicamente, as memórias são divididas em dois tipos: a de longo e a de curto prazo. A de curto prazo é referente ao momento atual. Não há interesse em guardá-la por muito tempo, como um número de telefone, por exemplo. “O cérebro vai fazendo uma seleção do que é mais útil e presente no seu dia a dia”, conta o médico. Por isso, as memórias de curto prazo são descartadas quando você não as usa mais.

Cérebro humano, fundo azul, memória, prazo

FOTO: Freepik

Já as informações importantes, que o seu cérebro acessa diariamente ou até mais de uma vez por dia, recebem uma marcação proteica diversas vezes, e o cérebro seleciona essa memória para ser de longo prazo. Essa lembrança faz parte de todo o conhecimento adquirido por você e pode ser resgatada a qualquer momento.

LEIA TAMBÉM

Texto: Redação Edição: Angelo Matilha Cherubini

Consultorias: Renato Anghinah, coordenador do núcleo de neurologia do Hospital Samaritano de São Paulo