8 dicas importantes para melhorar a concentração

Uma concentração pouco desenvolvida significa, na maioria das vezes, pouca produtividade no dia a dia. Por isso, veja 8 passos para turbinar essa capacidade

None
FOTO: Shutterstock Images

por Redação Alto Astral
Publicado em 26/09/2016 às 19:00
Atualizado às 08:36

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Exercitar as capacidades de concentração e raciocínio segue o mesmo princípio de ir à academia — quanto mais você exercita um músculo, mais forte ele fica. Então, confira alguns passos simples para desenvolver essas habilidades no dia a dia.

1. Mexa-se: a prática de exercícios físicos estimula a produção de hormônios como a endorfina e a adrenalina, que ajudam no bem-estar e na concentração.

2. Saia da zona de conforto: experimentar o novo é uma excelente forma de estimular o cérebro a criar novas associações, aumentando sua cognição.

3. Ler é fundamental: a leitura, além de trabalhar a criatividade, exercita raciocínio e o foco, pois você precisa prestar atenção naquela história para não ter que voltar o parágrafo inteiro buscando relembrar o que aconteceu.

cérebro - concentração - foco - raciocínio - atenção

FOTO: Shutterstock Images

4. Sono regulado: ficar acordado até tarde tentando, exaustivamente, resolver um problema nem sempre é o melhor caminho. Descanse, pois manter o sono em dia é essencial para que as atividades cerebrais tenham um desempenho mais eficiente.

5. Automonitoramento: “observe a si mesmo quando estiver diante de uma tarefa que exija sua concentração. Repare em quanto tempo você perde o foco e se deixa levar por uma outra onda de pensamentos”, indica o psicólogo Roberto Garcia.

6. Seja organizado: manter o foco e pensar na correria do trabalho ou escola já é complicado. E a dificuldade aumenta consideravelmente se o ambiente estiver uma bagunça.

7. Mantenha a calma: às vezes, a resposta simplesmente não vem à cabeça, não importa o que faça. Mas perder a paciência só piora as coisas. Respire fundo e tente ver a situação por um outro ângulo.

8. Uma coisa por vez: algumas pessoas até conseguem ativar o “botão multitarefas” e realizar mais de uma ação ao mesmo tempo, mas elas não são maioria. Por isso, focar em um exercício de cada vez pode facilitar o processo de raciocínio e aumentar a concentração.

LEIA TAMBÉM

Texto e entrevista: Giovane Rocha/Colaborador – Consultoria: Roberto Garcia, psicólogo