ESTILO DE VIDA

Contra o estresse: remédio ou opções alternativas?

Não deixe os sintomas do estresse se acumularem. Veja quais são os tratamentos disponíveis mais indicados para combater esse transtorno.

None
IMAGEM: Shutterstock.com

por Redação Alto Astral
Publicado em 25/08/2016 às 18:47
Atualizado às 20:59

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

O estresse é considerado patológico quando seus sintomas começam, em excesso, a prejudicar o estado físico e emocional do indivíduo. E, a partir desse momento, é necessário aceitar o estresse como um distúrbio mental e procurar a saída mais convencional, que será indicada por um profissional especialista, psiquiatra ou psicólogo, de acordo com as características e demandas de cada quadro.

Remédios

Quando o diagnóstico do profissional aponta um quadro avançado de estresse, os remédios parecem ser a saída mais eficaz — e de fato podem ser. O tratamento medicamentoso vai atuar diretamente contra os sintomas, tanto os de caráter físico quanto emocional.

remédios depressão

IMAGEM: Shutterstock.com

Como explica o psiquiatra Rodrigo Pessanha, “hoje em dia, temos vários tipos de medicamentos. Há tranquilizantes de diversas classes, antidepressivos que podem ser usados de maneira bastante individualizada sem, necessariamente, fazer com que o indivíduo pague o preço dos efeitos colaterais por períodos de tempo relativamente curtos”.

Caminho alternativo

Mesmo que seja uma saída segura se realizada juntamente de um acompanhamento médico, o tratamento medicamentoso ainda pode gerar alguma insegurança para quem sofre com o estresse. Visto isso, existem outros caminhos a se seguir quando o assunto é combater esse distúrbio ou o surgimento dele.

Rodrigo Pessanha conta que é difícil pensar em prevenir o estresse devido às rotinas cada vez mais corridas. “Mas eu acredito que podemos pensar em medidas paliativas, buscando tratamento para as complicações o mais cedo possível”, indica o especialista.

Veja mais:

Descubra quando se preocupar com seu nível de estresse

Dicas úteis para controlar o estresse

Entenda definitivamente o que é o estresse

Consultorias: Maura de Albanesi, mestre em psicologia e religião pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC–SP), em São Paulo (SP); Patricia Mekler, responsável pelo serviço de psicologia do Hospital Sepaco, em São Paulo (SP); Rodrigo Pessanha, psiquiatra; Viviani Farah, terapeuta especialista em florais.

Texto e entrevistas Giovane Rocha/Colaborador e Natália Negretti – Edição: Augusto Biason/Colaborador