ESTILO DE VIDA

Meditação ajuda a reduzir os sintomas de ansiedade e depressão

Muito utilizada para reduzir o estresse, ela também é aliada nos casos de ansiedade e depressão. Veja como a meditação ajuda a combater esses males!

None
Foto Shutterstock.com

por Redação Alto Astral
Publicado em 18/08/2016 às 19:53
Atualizado às 21:00

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

A meditação e a medicina ocidental possuem uma relação relativamente nova. Foi a partir da década de 1960 que os primeiros estudos referentes à prática começaram a ser feitos e despertar interesse na comunidade médica. “Nessa época, com os estudos do Dr. Herbert Benson, da Faculdade de Medicina da Universidade de Harvard, temos conhecimento que a meditação inicia a conhecida ‘resposta de relaxamento’, tanto física, o relaxamento muscular, quanto mental, que é o relaxamento da ‘lógica’ ou do pensamento”, comenta o psicólogo Roberto Debski. Essa resposta ocorre durante e depois da prática, que, com regularidade, é capaz de reduzir os hormônios do estresse, como adrenalina e cortisol e atuar como um antidepressivo.

mulher sentada triste de um lado e do outro, meditando e feliz

Foto Shutterstock.com

Fonte de alívio

Não é só o combate a esses males que a meditação influencia. Também é um potente aliado para amenizar os sintomas de quem sofre com depressão e ansiedade crônicas. “Estudos do Dr. Teasdale, da Universidade de Cambridge, e do Dr. Goyal, da Universidade Johns Hopkins, demonstraram que em casos de depressão leve e moderada a prática regular de meditação tem tanto benefício quanto os antidepressivos: alivia os sintomas da ansiedade, depressão e dor crônica e reduz em cerca de 50% as recidivas de novos episódios de depressão em quem está ou já esteve em tratamento com antidepressivos”, destaca Roberto.

Saiba mais:

Quer aprender a meditar? Veja 8 dicas para começar já!

12 incensos mágicos

Rituais diários para manter a uruca para longe! 

imagem falando sobre outros tratamentos para ansiedade

Imagem Editora Alto Astral

Consultoria Roberto Debski, psicólogo