Mau hálito: 6 respostas sobre suas causas e tratamentos

As maiores causas do mau hálito estão ligadas a problemas bucais e de má alimentação. Tire suas dúvidas sobre esse mal e descubra como evitá-lo

None
Uma das maiores causas do mau hálito estão ligadas a problemas bucais e de má alimentação. Foto: iStock.com/Getty Images

por Redação Alto Astral
Publicado em 09/05/2017 às 08:48
Atualizado às 13:46

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Alguns problemas orgânicos são verdadeiros tabus pelo constrangimento que causam. A halitose certamente está entre eles. A situação pode se tornar tão desagradável que afeta a vida social e até profissional do indivíduo que dela sofre. Mais de 90% dos casos de mau hálito têm origem na boca, onde vivem milhares de bactérias; uma flora de micro-organismos que pode liberar gases fétidos como o gás sulfídrico e o escatol.

Estima-se que até 95% dos casos de halitose são de origem bucal e apenas o restante desse total aconteça por problemas metabólicos, como o diabetes. Alimentação restrita, com consumo exagerado de carnes, condimentos e derivados do leite, tabagismo e ingestão regular de bebida alcoólica são considerados fatores externos. Já os chamados internos são má higienização de dentes, língua, gengiva, uso de próteses e boca ressecada.

Reunimos algumas respostas para suas dúvidas sobre o mau hálito, esclarecendo suas causas e tratamentos, confira:

Texto: Marcella Pacheli | Consultorias: Ana Claudia Catanzaro Munhoz, especialista em ortodontia; Rosana Yana, mestre em odontologia  

LEIA TAMBÉM