ESTILO DE VIDA

Marmita saudável: dicas para comer bem fora de casa

O que fazer se sua rotina é agitada e não há tempo para voltar para casa para comer? Prepare marmitas saudáveis. Veja as dicas!

None
Foto Shutterstock.com

por Redação Alto Astral
Publicado em 30/11/2016 às 08:48
Atualizado às 20:54

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Comer de três em três horas acelera o metabolismo e evita o exagero, que costuma acontecer se você ficar várias horas sem comer. Mas o que fazer se sua rotina é agitada e não há tempo para voltar para casa? A endocrinologista Giulianna Pansera e a nutricionista Clarissa Pansera dão dicas de preparossaudáveis e gostosos e ensinam como conservar sua marmita.

oleaginosas e frutas secas em potinhos

Foto Shutterstock.com

Os mais resistentes

Tenha em mente que os alimentos mais indicados para a marmita são os secos. Bolacha integral, pão integral, oleaginosas (nozes, castanhas, amêndoas), frutas que podemos comer com a casca ou descascar na hora de comer são os ideais. “As mesmas dicas valem para a lancheira das crianças. Temos que escolher alimentos cujo sabor não será comprometido, pois isso pode inibir o consumo dos pequenos”, pontua Giulianna.

Onde levar?

Os recipientes de vidro são as melhores opções na hora de conservar os alimentos. Nos potinhos plásticos, normalmente se encontra bisfenol-A (BPA), um composto utilizado na fabricação que pode contaminar os alimentos. Portanto, caso opte por marmitas plásticas, dê preferência aos modelos livres de BPA disponíveis no mercado.

Atenção à refrigeração

O tempo que o alimento pode ser mantido sem refrigeração depende muito do que está sendo levado. “Se for algo seco, como os citados anteriormente, podem ficar na marmitinha o dia todo. Mas se tiver frios como queijo branco ou peito de peru, o ideal é que não passe de 2 a 3 horas, ainda mais se for um dia muito quente. Lanchinhos que tenham peixes como o atum, maionese ou ovos devem ser levados em marmitas térmicas, preferencialmente com bolsinhas de gelo dentro”, alerta Clarissa Pansera.

Leia também: