Margarina aumenta as chances de problemas cardíacos

O coração pode ser afetado por doenças que surgem em decorrência da própria alimentação, sendo que a margarina é um dos vilões desse órgão.

None
FOTO: Stela Handa/Colaboradora

por Redação Alto Astral
Publicado em 09/08/2016 às 18:44
Atualizado às 21:01

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Segundo uma pesquisa publicada no British Medical Journal, a gordura trans adicionada à margarina e a outros produtos processados, como os salgadinhos de pacote, está associada a um aumento de 30% no risco de desenvolver doenças cardíacas. Quem mantém uma dieta rica em gordura trans também tem 18% mais chance de morrer dos efeitos dessas doenças.

A margarina é muito usada para enriquecer o sabor dos pães

FOTO: Stela Handa/Colaboradora

A substância é vista como vilã desde 2006, mas o estudo agora mostra que não é o elevado consumo de gordura saturada (presente em alimentos de origem animal) que prejudica o coração, mas sim a gordura trans industrial, produzida a partir de óleos vegetais líquidos, que são transformados em gorduras sólidas com a adição de hidrogênio. Ela eleva o colesterol ruim (LDL) e reduz o bom (HDL) e pode ainda afetar a memória.

SAIBA MAIS:

Top 10 alimentos contra a pressão alta

Descubra as vantagens dos alimentos antioxidantes

Conheça alimentos que têm poder de cura

Substitua a margarina de forma saudável!

Se você adora comer um pãozinho com margarina, que tal conhecer outros alimentos que podem substituí-la sem prejudicar o sabor das suas refeições e a saúde do seu coração? Uma boa escolha é apostar no cottage, um tipo de queijo que carrega poucas calorias e quase nada de gordura. Também vale investir no requeijão, que dá cremosidade ao prato, mas opte pela versão light. Além disso, vale preparar patês caseiros, que podem ser de cenoura, berinjela e outros legumes!

Texto: Paula Santana

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.