Além de ser saboroso, o maracujá também traz muitos benefícios à saúde!

O maracujá conta com várias funções: pode colaborar com a dieta, fazendo perder os quilinhos a mais; é saudável e ainda ajuda a manter a calma

None
Foto: iStock.com/Getty Images

por Redação Alto Astral
Publicado em 14/02/2017 às 13:21
Atualizado às 13:28

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

“O maracujá possui vitamina C, que estimula o sistema imunológico, melhorando as defesas naturais do organismo e a vitamina A, que atua como antioxidante”, revela a nutricionista Talitta Maciel. E mais: as vitaminas do complexo B tem a função de evitar problemas de pele, do aparelho digestivo e do sistema nervoso. Ainda é possível encontrar no maracujá: cálcio, ferro e fibras. Saiba mais nas linhas a seguir!

maracuja-beneficios-fruta

Foto: iStock

Tchau, Gordurinhas!

pectina, fibra encontrada na casca do maracujá, auxilia a perda de peso, pois vira uma fibra gelatinosa, que gruda nas moléculas de gordura e as faz passar direto pelo sistema digestivo sem serem absorvidas. “Essa fibra também ajuda a controlar os níveis de açúcar no sangue, regulariza o funcionamento do intestino e elimina toxinas”, explica Talitta.

Mais saudável

Quem tem hipertensão deve consumir o maracujá, pois a pectina ajuda no controle da pressão e da ansiedade. O uso da farinha da casca da fruta também auxilia no controle do diabetes. “Ao ser ingerida, a pectina forma um gel protetor que retarda a absorção de carboidratos e gorduras e regula a produção de glicose”, diz a profissional.

O corpo agradece O maracujá auxilia na saúde do coração, já que contém flavonoide, substância que protege contra doenças cardíacas. Outra vantagem é a serotonina, hormônio que causa sensação calmante. “Quem tem dor de cabeça, em geral, possui baixos níveis de serotonina.  O maracujá ajuda na formação desse hormônio, diminuindo as dores e promovendo o bem-estar”, finaliza Talitta.

Consuma corretamente

As folhas do maracujá contêm alcaloides e flavonoides, substâncias que agem no sistema nervoso central e atuam como tranquilizantes, analgésicos e relaxante muscular. E o consumo deve ser feito por meio de chás, sendo aconselhada a ingestão de 1 a 3 xícaras (chá) por dia, preparado em infusão.

Apesar de ser benéfico à saúde e indicado como calmante, principalmente em casos de depressão, a nutricionista Dominique Horta Buim alerta: “o chá de maracujá não deve ser consumido por pessoas com pressão baixa, gestantes e lactantes”. Já as crianças podem se beneficiar dos poderes das folhas da fruta. “Além do efeito tranquilizante, elas se beneficiam da ação vermífuga das folhas. O consumo é indicado na infância, uma vez que é mais comum a presença de vermes nessa idade”, explica a profissional.

LEIA TAMBÉM:

Consultoria: Talitta Maciel, nutricionista
Texto: Larissa Tomazini

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.