Manteiga ghee: opção saudável para substituir a tradicional!

A manteiga ghee é mais uma alternativa de consumo entre as manteigas e creme vegetais. E o melhor: da para fazê-la em casa!

None
Esse alimento pode ser utilizado em preparações de doces ou salgados Foto: shutterstock.com

por Redação Alto Astral
Publicado em 30/08/2017 às 11:00
Atualizado às 14:02

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

A procura por alimentos mais saudáveis cresce a cada dia e com isso surgem novas opções de iguarias. A manteiga ghee, por exemplo, vem se tornando um item indispensável no cardápio de pessoas adeptas da alimentação saudável e equilibrada. Segundo a nutricionista comportamental, Patrícia Cruz, a ghee, mais conhecida como manteiga clarificada ou purificada, é uma fonte de gordura láctea anidra, obtida através do processo de aquecimento a 100° graus para remover o teor de água por ebulição e evaporação. “Depois disso, ocorre à filtração dos sólidos (proteínas totais, principalmente, a caseína, gordura e lactose) de leite precipitados”, complementa a nutricionista.

De acordo com Patrícia Cruz, o processo de purificação ocorre para retirar os sólidos presentes na composição. A manteiga ghee apresenta de 45% a 65% de gordura saturada e 32% de gordura monoinsaturada, além de vitaminas lipossolúveis A, D, E e K. “Na manteiga tradicional também encontramos a gordura saturada, água, proteínas, lactose e vitaminas lipossolúveis”, informa a nutricionista. A principal diferença entre as duas manteigas é que a ghee apresenta menos quantidade de lactose (proteína do leite de vaca, mas, que também pode ser feita a partir do leite de búfala) e contém menos teor de sódio comparado com a manteiga tradicional.

pão com manteiga

A ghee não é recomendada para intolerantes à lactose Foto: shutterstock.com

Amanteiga ghee é fonte de gordura saturada e apresenta em torno de 100 kcal a cada 1 colher de sopa, o valor calórico é semelhante a manteiga tradicional. “No processo de clarificação, por exemplo, é retirado somente água e uma pequena quantidade de lactose e proteína, porém a quantidade de gordura permanece da mesma forma”, explica Patrícia. A recomendação de consumo é de até 7% do total de calorias diárias.

A ghee contém vitaminas A e E que são potentes antioxidantes para combater os radicais livres. Além disso, não possui glúten na formulação. “Outra função da vitamina A é melhorar a acuidade visual”, conta Patrícia. Alguns estudos realizados pela especialista afirmam que a manteiga apresenta a composição de ácidos graxos saturados, monoinsaturados, poli-insaturados e colesterol similares ao da manteiga tradicional.

Esses ácidos graxos saturados se relacionam com a elevação do colesterol e triglicérides que aumentam o risco de doenças cardiovasculares. Já os ácidos graxos insaturados apresentam ‘papel protetor’. Patrícia ressalta que a manteiga ghee é apenas mais uma alternativa saudável por apresentar menor teor de alguns nutrientes e sódio.

Fonte: Patrícia Cruz,  nutricionista comportamental

Leia também:

TAGS

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.