Mãe faz desabafo emocionante depois de ajudar criança que não parava de chorar em avião

A americana Kesha Bernard foi a única pessoa dentro de um avião que decidiu ajudar uma criança que não parava de chorar. Veja o desabafo emocionante

None
Foto: reprodução/Facebook

por Redação Alto Astral
Publicado em 02/08/2017 às 18:32
Atualizado às 13:42

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

No último mês, uma postagem no Facebook da norte-americanaKesha Bernard agitou as redes sociais depois de um desabafo emocionante, que já teve mais de 212 mil curtidas e 105 mil compartilhamentos. A mulher, que é mãe de dois filhos, publicou uma mensagem contando sobre um voo que havia pego para a cidade de Seattle, quando escutou um bebê chorar no avião, pouco antes da decolagem.

Ela começa relatando que estava voltando de férias e escutou as crianças chorando no avião. “Estamos todos sentados em um avião lotado e um bebê começa a chorar. Obviamente, eu estou completamente acostumada com bebês chorando, então eu apenas abstraio”, explica Kesha.

Todos ao meu redor começam a bufar e reclamar. O filho desta mulher está tendo uma crise porque o cinto de segurança dela está na posição correta (bebês podem ser dramáticos, isso não é nada novo). Nenhum problema, eu tenho os superpoderes das mães e apenas ignoro”, continua ela.

Foi aí que algumas situações começaram a irritá-la. Kesha escutou uma passageira reclamar que a criança deveria parar de chorar e chutar seu assento. Diante disso, outros passageiros começaram a criticar e a comissária de bordo permaneceu sem fazer nada. “Pessoal, este é um avião lotado, e eu sentei lá por 15 minutos esperando que alguém se aproximasse dessa mulher para oferecer ajuda. Por que nós estamos rodeados por adultos que se importam, certo? Errado“, relatou Kesha, dizendo que a mãe estava fazendo o possível para tentar ajudar as crianças a se acalmarem.

Foto: Reprodução/Facebook

Foi aí que ela decidiu levantar-se de seu assento e ajudar a mãe e as crianças. “Sendo uma pessoa decente, eu não consegui deixar essa mãe se afogar sozinha no fundo do avião. Eu me levanto do meu assento, ando algumas fileiras para trás e pergunto se ela precisa de ajuda. Ela imediatamente me entrega o bebê. Então eu carrego a criança no colo e vou até o meu assento porque o avião precisa decolar. O choro parou. Então eu estou sentada, segurando um bebê precioso que acabou de dormir“, diz.

Kesha termina seu desabafo pedindo que as pessoas tenham mais empatia e sejam mais atenciosas com as mães. “Se alguém precisa de ajuda, ajude-a. Reclamar não vai resolver nada, além de fazer a pessoa que precisa de ajuda se sentir ainda pior, porque palavras machucam. Os passageiros deste voo deveriam se sentir envergonhados. Vocês estão me dizendo que eu sou a única pessoa em um avião lotado que estava disposta a ajudar? Como nós podemos ignorar o estresse de outro ser humano está além da minha compreensão. Por favor, sejam bondosos. Ajudem uns aos outros, tudo fica mais fácil. Eu prometo que você não vai morrer“, escreveu.

Leia o desabafo emocionante na íntegra:

Here I am on vacation away from my kids (who I absolutely love to death but sometimes you need a break from toddlers)…

Posted by Kesha Bernard on Saturday, July 29, 2017

E você, o que faria se estivesse na posição de Kesha?

LEIA TAMBÉM

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.