ESTILO DE VIDA

Luana Piovani mostra resultado de prótese de silicone; tire suas dúvidas sobre o tema!

Entre as cirurgias plásticas mais comuns está a implantação de silicone nos seios. Está pensando em aderir? Confira 5 questões sobre o tema.

None
Fonte: Reprodução/ Instagram

por Redação Alto Astral
Publicado em 20/11/2016 às 11:15
Atualizado às 20:54

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Luana Piovani resolveu mostrar o resultado das próteses de silicone que colocou. Na última semana, a atriz publicou uma foto em seu perfil no Instagram, aparecendo de biquíni e, na legenda, revelando o quanto está satisfeita com o procedimento. “Beeeeeem feliz”, escreveu na legenda:

Cada vez mais as pessoas buscam maneiras de se sentirem mais bonitas e, com isso, chegam às mesas de cirurgia. Se feitas com profissionais qualificados e confiáveis, isso não é um erro – o importante é se sentir bem! Entre as cirurgias plásticas mais comuns, especialmente entre as mulheres, está a implantação de silicone nos seios. Está pensando em aderir? Confira 5 questões sobre o tema.

mulher de sutiã

Foto Shutterstock.com

1. Qual a melhor idade para colocar prótese nos seios?

Normalmente, a idade mínima é de 17 ou 18 anos, quando a mama já está bem desenvolvida. Fora isso, a restrição é que mulheres que pretendem engravidar não façam a cirurgia, pois o formato dos seios pode mudar depois da amamentação.

2. A cirurgia deixa cicatrizes nos seios?

As cicatrizes são inevitáveis, mas usualmente são pequenas e escondidas. O corte para colocação da prótese pode ser feito sob a mama, ao redor da aréola ou na axila. Para uma prótese de 260ml, por exemplo, a cicatriz costuma medir cerca de 4cm.

3. Qual a validade da prótese de silicone?

Não existe um prazo determinado para a troca da prótese. As mais antigas precisam de acompanhamento após dez anos para checar como está a situação do produto. Já as mais modernas devem durar entre 15 e 20 anos, segundo estimativas de especialistas.

Leia também:

4. Há risco de rejeição?

Segundo o cirurgião plástico Alexandre Barbosa, não. A rejeição envolve a formação de anticorpos, algo que não acontece com um material inerte como o silicone. Porém, há riscos de vazamento do silicone, o que pode provocar uma inflamação crônica nos tecidos vizinhos e até levar à perda de tecidos.

5.  Quais sinais podem indicar problemas?

É necessária atenção médica quando se observa perda de resultados estéticos, como assimetria das mamas, quando uma fica mais dura ou mais alta do que a outra, ou quando há sinais de nódulos, caroços e dores.

Consultoria Alexandre Barbosa, cirurgião plástico