Low carb: como funciona, quais são benefícios e alimentos permitidos

A dieta low carb tem o objetivo de reduzir o consumo diário de carboidratos, contribuindo para a perda de peso e a prevenção de doenças

None
Diminuir a quantidade de carboidrato da dieta pode te ajudar a perder peso e ainda melhorar a saúde! - Foto: Shutterstock

por Redação Alto Astral
Publicado em 09/03/2017 às 11:53
Atualizado às 12:17

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Você já ouviu falar que os alimentos fontes de carboidratos comprometem a perda de peso? Quando consumidos em excesso, é mesmo normal que os ponteiros da balança subam e, tendo isso em mente, algumas pessoas se tornaram adeptas da chamada dieta low carb. Mas, afinal, o que é isso? Existem diversas variações desse processo, com diferentes restrições à quantidade e aos tipos de carboidratos permitidos durante o programa (como a dieta paleolítica, a mediterrânea e a de Atkins). Mas a regra geral é que o plano alimentar diário deve ter a proteína como nutriente principal.

Engana-se quem pensa que esse processo é responsável por eliminar de vez os alimentos fontes de carboidratos do cardápio. Na verdade, a ideia central é reduzir o consumo dessa substância, dando preferência aos ingredientes naturais e que apresentam baixo índice glicêmico, ou seja, aqueles cujo açúcar é absorvido em uma velocidade mais lenta e, por isso, não há picos de glicose e nem de insulina no organismo.

Assim, o corpo é obrigado a utilizar a gordura como forma de obtenção de energia (em vez do açúcar derivado dos carboidratos), contribuindo para o emagrecimento. E não precisa ser radical, isto é, a redução de 10% da quantidade de carboidratos ingerida já é suficiente para conseguir atingir os objetivos da dieta.

Conheça abaixo tudo o que a diminuição dos carboidratos na dieta pode trazer de bom para a saúde e o que você pode ou não consumir:

Erros comuns da dieta low carb

É comum ter dúvidas sobre os processos que prometem emagrecer e beneficiar a saúde. Por isso, selecionamos dois erros comuns que muitas pessoas cometem e que podem prejudicar o sucesso da low carb. Confira a seguir quais são eles.

  • Consumir proteína em excesso: apesar das vantagens de consumir os alimentos fontes desse nutriente, quando ingeridos em quantidades exageradas, pode ocorrer um aumento da glicose no organismo. Isso porque quando o corpo tem mais proteínas do que precisa, alguns aminoácidos se transformam em glicose. Portanto, a low carb preza que o consumo dessa substância seja feita de forma moderada.
  • Medo de consumir gordura: existe a crença de que a gordura é extremamente prejudicial à saúde e que compromete a perda de peso. Entretanto, a história não é bem assim. Em uma dieta low carb, o corpo perde uma de suas fontes de energia: o carboidrato. Por isso, é necessário encontrar outras fontes para dar disposição e ânimo, papel desempenhado pela gordura. O segredo é escolher alimentos ricos em gorduras boas e fugir daqueles que carregam consigo as famosas gorduras trans.

LEIA TAMBÉM: