8 dicas para lidar com o ciúme entre os filhos

O ciúme entre os filhos pode acontecer em qualquer etapa da vida, mas é trabalho dos pais aprender a lidar com isso. Confira algumas dicas que podem ajudar!

None
FOTO: Shutterstock

por Redação Alto Astral
Publicado em 23/10/2016 às 11:41
Atualizado às 13:24

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Ao longo da infância, é normal que os pequenos se sintam “ameaçados” caso descubram a novidade de um irmãozinho chegando. O ciúme entre os filhos pode acontecer em qualquer etapa da vida, mas é trabalho dos pais aprender a lidar com isso.

ciúme entre filhos

FOTO: Shutterstock

Confira 8 dicas que vão te ajudar a favorecer um ambiente de cumplicidade e evitar as rixas entre irmãos!

1. Nada de favoritismo

Às vezes, surgem momentos na vida em que é mais fácil cuidar de um filho do que outro. Mas isso não pode ser desculpa para favoritismos!  Não dê sinais de que prefere um ao invés do outro, para evitar criar ciúmes desnecessários.

2. Passe tempo com eles

Dedique-se a passar um tempo com todos os filhos. Se você tem um recém-nascido, peça para que o parceiro esteja sempre dando atenção para o primogênito. Assim os dois vão se sentir “cuidados” na mesma intensidade.

mãe incentivo sonho filho

FOTO: iStock/Getty Images

3. Seja sempre sincero

Converse com seu filho com bastante clareza e honestidade, o tempo todo. Explique a ele que seu irmãozinho vai nascer e requer cuidados especiais, e faça-o se interessar pelo processo de receber e cuidar de um novo bebê.

4. Sejam amigos

Transforme seu filho em seu grande amigo! Peça ajuda para fazer compras, escolher brinquedos e até selecionar coisas especiais para o bebê. Incluir o mais velho no processo ajuda a evitar o ciúme.

Genética: até que ponto os filhos herdam habilidades dos pais

FOTO: Shutterstock.com

5. Não os envergonhe

Não faça pouco caso de seus filhos mais velhos, os envergonhando ou causando constrangimento. Eles são crianças e também tem sentimentos, então seja compreensiva.

6. Evite fazer comparações

Competição? Jamais! Não trace comparações entre seus filhos, seja em questão de notas, comportamento ou aparência. Cada um deles é muito diferente um do outro e merece ser respeitado em suas diferenças. Essa divisão pode fazer com que eles se voltem um contra o outro!

7. Seja justo

Seu filho observa tudo o que você faz e fala, então, seja justo! Além de ser um bom ensinamento para a vida, ele vai entender que os dois merecem ser amados igualmente.

pais e filhos - inteligência emocional

FOTO: Shutterstock Images

8. Comuniquem-se

Fale bastante, mas esteja sempre disponível para ouvir também. Deixe que seus filhos te digam como eles se sentem. Juntos, vocês podem encontrar maneiras de resolver os problemas.

Texto: Thamires Motta

LEIA TAMBÉM