Sabia que leite ajuda no combate à hipertensão? Entenda!

Pesquisas mostram que o leite combate a hipertensão, o magnésio e o potássio são dois dos responsáveis por essa ajuda. Confira tudo nessa matéria

None
Todo tipo de laticínio ajuda quando o assunto é a diminuição da hipertensão. Foto:iStock/Getty imagens

por Redação Alto Astral
Publicado em 10/03/2017 às 12:22
Atualizado às 13:35

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Um estudo realizado com cerca de 5.000 pessoas pelo Instituto Americano de Coração, Pulmão e Sangue, concluiu que o leite combate a hipertensão quem consumiu diariamente cerca de 2 ou mais variedades de produtos lácteos com quantidade de gorduras reduzidas (como leite e iogurtes desnatados, além de queijos magros) tiveram os índices de pressão alta diminuídos. Dessa forma, os riscos de morte por AVC e outras complicações coronarianas também são reduzidos. Mas, afinal, quais são os nutrientes responsáveis por fazer do leite esse poderoso aliado da saúde?

iogurte

Todo tipo de laticínio ajuda quando o assunto é hipertensão. Foto:iStock/Getty imagens

Prazer, cálcio!

Ele é o mineral mais lembrado quando se trata de laticínios. Além de atuar na calcificação da estrutura óssea, de modo a combater males como a osteoporose, o alimento também conta com magnésio e potássio, que, como já citado nas matérias anteriores, também têm papel fundamental no controle dos batimentos cardíacos.

raio-x de braço

Falta de cálcio pode deixar os ossos mais fracos e suscetíveis a fraturas. Foto: iStock.com/Getty imagens

“O leite é importante para a coagulação sanguínea e liberação de hormônios, sendo o esqueleto o principal reservatório de cálcio no organismo. Apesar da fama de leite e derivados, o cálcio dos vegetais possui maior biodisponibilidade e são tanto ou mais ricos em cálcio do que o leite”, esclarece a nutricionista Greice Caroline Baggio.

Eles são magrinhos!

Embora todos os laticínios façam bem para a saúde, que tal optar sempre pelas versões desnatadas? Contendo uma quantidade reduzida de lipídios (gorduras), essas opções preservam o melhor do alimento sem prejudicar a saúde. Iogurtes de frutas são mais fáceis de serem consumidos, já que contam com o açúcar da fruta para ressaltar o sabor, mas, quem considera a versão desnatada do leite muito diferente da integral, vale começar aos poucos, com a versão semi-desnatada. Assim, o paladar vai se acostumando gradativamente! O mesmo acontece com os queijos: quanto mais amarelos, mais prejuízos eles oferecem à saúde. Portanto, escolha as versões brancas e leves, como ricota e cottage.

Texto: Redação alto Astral
Consultoria: Greice Caroline Baggio e Juliana Castelli, nutricionista

LEIA TAMBÉM:

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.