Las Vegas: descubra a terra do agito em meio ao deserto

Conheça Las Vegas, a cidade americana construída no meio de um deserto e que se tornou a capital mundial do entretenimento.

None
Las Vegas está situada em meio ao deserto do estado de Nevada, nos Estados Unidos. Foto: Shutterstock.com

por Redação Alto Astral
Publicado em 07/06/2017 às 14:27
Atualizado às 14:14

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Hotéis luxuosos, cassinos lotados, luzes, néon, luxo, loucura, diversão. Isso bastaria para definir Las Vegas, considerada a capital mundial do entretenimento. Desde que o jogo foi liberado em 1931, a cidade se desenvolveu em torno de roletas, cartas e de muitos turistas que visitam o lugar. Las Vegas prosperou mesmo estando no meio de um deserto. O local onde a cidade foi fundada era, no século XIX, parada estratégica de homens que desbravaram o oeste norte-americano. Isso porque eles encontraram poços artesianos naturais e grandes prados (“vegas”, em espanhol), onde podiam descansar e continuar sua jornada. A fundação de Las Vegas viria a acontecer somente em 1910.

Muito além dos jogos

Se você tem alguma dúvida de que o forte de Las Vegas são os jogos, espere até aterrissar no Aeroporto Internacional de McCarran. As salas de embarque e desembarque do terminal possuem máquinas caça-níquéis para receber os turistas ou mesmo para aqueles passageiros que esperam seu voo. O principal destino dos visitantes é a Las Vegas Boulevard, também conhecida como “The Strip”, a avenida onde estão localizados os principais cassinos-resorts da cidade, como o Caesar’s Palace, Bellagio e MGM Grand. Algumas das principais atrações turísticas e apresentações também estão lá. O Cirque du Soleil, por exemplo, sempre tem algum espetáculo em cartaz e que vale a pena ser visto. Considerada a “segunda avenida mais famosa”, a Freemont Street é uma via feita para pedestres. Lá, estão localizados vários restaurantes, bares, lojas, apresentações ao ar livre e eventos culturais. Não se espante em encontrar também sósias de celebridades que marcaram seu nome em Las Vegas, como Elvis Presley.

A cidade também é sede de alguns eventos importantes, como a International Consumer Eletronic Show (CES), considerada a maior feira de eletrônicos do mundo e que acontece todo mês de janeiro. As principais inovações tecnológicas e tendências do mercado são apresentadas na ocasião. Infelizmente, é restrita a profissionais da área e jornalistas. Ainda assim, 150 mil pessoas passam pela feira todo ano. Outro setor em que Las Vegas se destaca é a gastronomia. A cidade possui alguns restaurantes que levam a grife de chefs de cozinha como Alain Ducasse, Wolfgang Puck, Guy Savoy, Julian Serrano e Charlie Palmer. É possível encontrar também vários lugares com preços bastante acessíveis. Uma dica é aproveitar o buffet de alguns hotéis, em que você paga um preço fixo e pode se servir à vontade.

fotografia aérea de Las Vegas

Fique atento: a comercialização de bebidas alcoólicas em Las Vegas é permitida somente para maiores de 21 anos. Foto: Shutterstock.com / littleny

“O que acontece em Las Vegas, fica em Las Vegas”

Se você já foi a alguma festa e presenciou algo tão constrangedor ou embaraçoso a ponto de ouvir essa frase, “agradeça” à LVCVA, o Departamento de Turismo de Las Vegas, e a agência de publicidade R&R Partners, pela ideia. “What happens here, stays here” foi um slogan criado em 2003 pela agência e aprovado pela LVCVA para ser utilizado em campanhas direcionadas ao turismo na cidade. A ideia surgiu depois que o órgão decidiu mudar a imagem de Las Vegas para algo mais positivo, não somente um lugar de apostas e jogatina. Para a R&R Partners, o segredo do laço entre Las Vegas e seus visitantes é simples: liberdade. Liberdade em dois níveis. Liberdade para fazer coisas, ver coisas, comer coisas, usar coisas, sentir coisas. Em resumo, a liberdade de ser alguém que não poderíamos ser em casa. E a liberdade de querer fazer coisas e deixá-las para trás em nossas vidas?, foi o que revelou um estudo feito pela agência na época. A frase ganhou uma proporção tão grande que muitas pessoas a usam sem conhecer sua origem.

Além disso, ela já foi fonte de inspiração para o cantor Usher, para a trilogia cinematográfica “Se beber, não case” e já foi nome de filme estrelado por Ashton Kutcher e Cameron Diaz (What Happens em Vegas, que no Brasil se chamou Jogo do Amor em Las Vegas). Até mesmo a ex-primeira dama Laura Bush já utilizou a frase. Recentemente, a LVCVA voltou a usar o famoso slogan para promover o turismo na cidade. Se você não domina bem o inglês, não se preocupe, em muitos lugares de Las Vegas é comum encontrar pessoas falando espanhol. Aí já dá para se virar melhor. Outra dica preciosa é que Las Vegas possui uma grande quantidade de árvores e plantas que não são nativas da região, por isso liberam muito mais pólen do que o normal, a fim de aumentar as chances de reprodução. Ou seja, fique atento a reações alérgicas! Caso tenha dúvidas, procure um médico antes de viajar e informe-se sobre as condições climáticas.

LEIA TAMBÉM

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.