ESTILO DE VIDA

Sofre de inchaço? Saiba qual o seu tipo e as possíveis causas

Além de aumentar o peso, o inchaço pode trazer outros desconfortos a quem sofre com ele. Saiba diferenciar os 3 tipos de inchaço e veja qual é o seu!

None
Foto Shutterstock.com

por Redação Alto Astral
Publicado em 04/08/2016 às 20:24
Atualizado às 21:02

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Inchaço é o nome popular de edema e pode ter várias origens: maus hábitos (vício em cigarro e consumo excessivo de bebidas, por exemplo), ingestão de alimentos inadequados – principalmente os industrializados, que são ricos em só- dio – e, em casos mais graves, problemas circulatórios ou cardíacos. A seguir, confira os três tipos de edemas existentes e descubra qual é o seu!

mulher com a mão na barriga

Foto Shutterstock.com

Edema comum

“É o acumulo de água e sal no espaço localizado entre os vasos sanguíneos e os tecidos”, explica a fisioterapeuta Ariane Schultz. As origens são inúmeras, mas as mais comuns são: problemas cardíacos, renais, alergias, posturas (ficar por um longo período em pé, sentado ou deitado), período menstrual, gestação e alimentação inadequada – geralmente por excesso de sal e falta do consumo de água.

Linfedema

“É gerado por excesso de fluidos linfáticos, normalmente por obstrução, falhas ou patologias no sistema linfático, mais comum nas pernas e braços”, alerta Arizne Schultz. Comumente, ele é causado pela retirada de gânglios em caso de câncer de mama e em alguns outros tipos de câncer, que podem obstruir ou agredir o sistema linfático, ou originado por bactérias que desenvolvem elefantíase.

Saiba mais:

Fibras e disciplina: hábitos que evitam a constipação na infância

Cuidado com o excesso de refrigerante!

Gestação: soluções para 5 problemas muito comuns nessa fase

Mixedema

“O líquido, além de água e sal, contém proteínas e diversas outras substâncias”, esclarece Flávia Schultz. Normalmente é causado por alterações na tireoide, fígado e algumas alergias.

Invista na boa alimentação!

mesa com várias frutas

Foto Shutterstock.com

É fato: a alimentação é essencial no tratamento e prevenção de todos os problemas que acometem o organismo. Então, independente de qual for o seu tipo de inchaço, invista em alimentos saudáveis e que ajudam a acabar com ele. Melancia, uva, cebola, granola, melão, alface, abacaxi e pepino são algumas opções que você deve investir – além, de claro, procurar um médico para saber qual o melhor tratamento para o seu caso.

Consultoria Flávia Schultz, fisioterapeuta; Ariane Schultz, fisioterapeuta