Tomate: entenda por que ele é tão importante para a saúde!

O tomate oferece potássio, que participa dos impulsos nervosos, das contrações musculares e dos batimentos cardíacos? Saiba mais!

None
tomate-beneficios-saude

por Redação Alto Astral
Publicado em 10/11/2016 às 13:24
Atualizado às 11:58

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Licopeno é o nome da substância que fez do tomate o queridinho de quem quer ter a saúde em dia. “Possui ação antioxidante, reduzindo o efeito dos radicais livres e, consequentemente, afastando o risco de câncer de próstata e mama”, afirma a nutricionista Márcia Dal Médico. A substância dá a cor vermelha ao tomate e a alimentos como a melancia e o pimentão. Além das propriedades anticancerígenas, evita a oxidação do colesterol ruim (LDL), reduzindo a formação de placas de gordura nas artérias. “O licopeno é o mais eficiente neutralizador de radicais livres, sendo duas vezes mais eficiente que o betacaroteno (presente na cenoura e na abóbora)”, comenta a especialista.

tomate-beneficios-saude

tomate-beneficios-saude

Mais motivos para comer

O tomate oferece nutrientes como o potássio, que participa dos impulsos nervosos, das contrações musculares e dos batimentos cardíacos. Também contém vitamina C, outro nutriente que funciona como antioxidante. O ideal é ingerir o legume pelo menos três vezes por semana.

tomate-beneficios-saude

FOTO: Shutterstock

Dica da especialista

Molho de tomate e tomates cozidos oferecem maior proteção contra o câncer, pois o calor libera o licopeno. Se o molho for feito com azeite, a absorção do licopeno aumenta, pois a substância é solúvel em gorduras”, explica a nutricionista Greice Caroline Baggio. Prefira fazer o molho de tomate em casa, pois os industrializados geralmente contêm muito sal. O azeite é rico em gorduras benéficas, que aumentam o bom colesterol e protegem os neurônios.

tomate-beneficios-saude

FOTO: Shutterstock

O papel dos radicais livres

Eles são liberados pelo corpo durante a respiração celular. Possuem funções positivas no organismo, mas em excesso causam problemas como envelhecimento precoce e tumores. Tabagismo, excesso de bebidas alcoólicas e estresse aumentam a produção dos radicais livres. Por isso, é necessário ingerir alimentos ricos em antioxidantes, que neutralizam o efeito negativo desses elementos.

Cada 100g de tomate contém:

*Calorias 15kcal
*Carboidratos 3,1g
*Fibras 1,2g
*Cálcio 7mg
*Magnésio 11mg
*Fósforo 20mg
*Ferro 0,2mg
*Sódio 1mg
*Potássio 222mg
*Vitamina C 21,2mg

Fonte: Tabela Brasileira de Composição de Alimentos (TACO), da Unicamp
Consultoria: Greice Caroline Baggio e Márcia Dal Médico, nutricionistas
Texto: Redação Alto Astral

LEIA TAMBÉM

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.