ESTILO DE VIDA

Hipertensão durante a gravidez

A hipertensão pode atingir algumas mulheres durante a gravidez. Ela é chamada de doença hipertensiva específica da gestação (DHEG).

None
Foto Shutterstock.com

por Redação Alto Astral
Publicado em 19/08/2016 às 20:24
Atualizado às 20:59

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

A hipertensão pode atingir algumas mulheres durante a gravidez. Ela é chamada de doença hipertensiva específica da gestação (DHEG), atinge entre 5 e 8% das gestantes brasileiras. O problema implica no aumento da pressão arterial, que geralmente ocorre no último trimestre da gestação, e pode comprometer a saúde da mãe e do bebê.

mulher gravida

Foto Shutterstock.com

Sobrecarga nas artérias

A hipertensão gestacional é diagnosticada com a medição da pressão sanguínea. Se a aferição dos níveis ficarem acima da máxima de 13mmHg (milímetros de mercúrio) e a mínima de 9mmHg – a chamada 13 por 9 –, então, constata-se a doença.

Mulher, dor de cabeça

Foto shutterstock.com

Sintomas

Dores de cabeça e abdominais, pontos brilhantes na visão e excesso de inchaço são indicadores de que a pressão da gestante pode estar acima da ideal.

Tratamento

Se a hipertensão for considerada leve pelo médico e não apresentar sinais de eclampsia, pode ser tratada com a adequação da dieta e acompanhamento clínico criterioso. A alimentação deve ser rica em ácido fólico, nutriente vasodilatador, e pobre em sal, gatilho para crises hipertensivas. “Medicamentos anti-hipertensivos, repouso e, em casos mais graves, internação também pode ser necessário”, acrescenta a ginecologista Mara Diegoli.

Saiba mais:

Alimentos que promovem bom humor

Gestação: soluções para 5 problemas muito comuns nessa fase

Qual a importância da amamentação e por quanto tempo amamentar?

Consultoria Mara Diegoli, ginecologista do Hospital das Clínicas de São Paulo