Hábitos importantes para evitar o reumatismo durante a vida

Com o surgimento do reumatismo, existem alguns agravantes que devem ser prevenidos, a fim de garantir o sucesso do tratamento e qualidade de vida. Veja!

None
FOTO: Istock.com/GettyImages

por Redação Alto Astral
Publicado em 28/11/2016 às 13:37
Atualizado às 12:48

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

O desenvolvimento do reumatismo, muitas vezes, não pode ser evitado. No entanto, com o surgimento do problema, existem alguns agravantes que devem ser prevenidos, a fim de garantir o sucesso do tratamento e mais qualidade de vida. A seguir, confira quais são e como eles estão relacionados aos distúrbios.

mulher-fazendo-exercicios-dicas-contra-reumatismo

FOTO: Istock.com/GettyImages

Longe do cigarro

Considerado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) como a maior causa de morte evitável, o tabagismo mata cerca de 5 milhões de pessoas por ano. Desenvolvimento de câncer, bronquite, envelhecimento precoce, entre outros, são alguns dos problemas acarretados pelo hábito de fumar. Como se não bastasse, o cigarro também é apontado como um dos fatores de risco para o desenvolvimento de doenças reumáticas. Um estudo chamado “As consequências de fumar para a saúde – 50 anos de progresso” realizado nos Estados Unidos, mostrou que o tabagismo tem influência sobre o processo inflamatório da artrite reumatoide, já que prejudica a função imunológica, além de inibir a ação de vários medicamentos. Por isso, quem sofre dessa doença, assim como quem preza por mais saúde, deve passar bem longe do cigarro.

Peso controlado

Estar acima do peso, além de favorecer o desenvolvimento de doenças como diabetes, colesterol alto e hipertensão, pode ser um fator primordial para a evolução das doenças reumáticas. Isso porque o excesso de peso tende a causar uma sobrecarga sobre o corpo, acelerando o processo de degeneração das articulações. Por isso, conservar o ponteiro da balança dentro do recomendado é primordial.

mulher-fazendo-exercicios-dicas-contra-reumatismo

FOTO: Istock.com/GettyImages

Atividades físicas diariamente

Manter a mesma posição por muito tempo, como ficar sentado, é uma atitude que agrava os sintomas das doenças reumáticas. Quando a pessoa fica parada por um longo período, há um grande acúmulo de líquido no interior da articulação inflamada, favorecendo a dor. Para amenizar o problema, algumas atitudes podem ser tomadas:
*Se você trabalha em frente ao computador, faça pequenos alongamentos de tempos em tempos e tente não ficar o tempo todo sentado.
*Se for viajar de carro, faça paradas no caminho para fugir da mesma posição.
*O famoso espreguiçar ao acordar é fundamental após uma noite inteira no mesmo lugar.

Sem sobrecarregar as articulações

Um dos fatores de risco para o início das doenças reumáticas é o avanço da idade. Neste período, algumas atividades rotineiras, como abaixar para pegar algo no chão ou descer uma escada, podem se tornar extremamente desgastantes. Assim, fazer pequenas mudanças dentro de casa (como adaptadores para utensílios domésticos e a colocação de barras no banheiro, para ajudar no apoio do paciente) se tornam importante, a fim de evitar que o quadro da dor seja agravado.

LEIA TAMBÉM