Guardar sentimentos negativos pode facilitar o aparecimento de doenças

Quando acumulados, os sentimentos negativos podem desencadear o aparecimento tanto de doenças físicas quanto de emocionais

None
O acúmulo de sentimentos negativos pode desencadear doenças físicas e emocionais. FOTO: Reprodução/Shutterstock

por Redação Alto Astral
Publicado em 04/01/2017 às 17:54
Atualizado às 16:42

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Preocupações com o trabalho, com a família, problemas financeiros e muitos outros exemplos podem ser citados quando o assunto é a estabilidade ou instabilidade emocional. Nem sempre conseguimos expor esse grande turbilhão de sentimentos negativos, com os quais somos obrigados a conviver diariamente. E é nesse momento que se iniciam as doenças emocionais, males que afetam o lado interior e exterior do ser humano, podendo causar danos tanto físicos quanto psicológicos.

mulher, sozinha, escuro, triste

O acúmulo de sentimentos negativos pode desencadear doenças físicas e emocionais. FOTO: Reprodução/Shutterstock

Somatização

Você está com medo de ser demitido do serviço, as coisas não andam muito bem em casa ou, então, tem muitas contas atrasadas para pagar? Quando a pessoa está sobrecarregada de problemas e tem seu lado emocional abalado, pode sentir no corpo as consequências. É o que os especialistas em saúde costumam chamar de somatização. Segundo explica a psicóloga Rosana Machado, o indivíduo tem vários sintomas, indicando alguma doença, mas quando vai ao médico, nada é detectado.

mulher, com dor, coluna

A somatização se apresenta por dores físicas sem uma causa específica, como aquelas decorrentes de uma lesão muscular, por exemplo. FOTO: Reprodução/Shutterstock Images

A somatização acontece quando há amanifestação de sintomas físicos que a medicina não consegue explicar a origem e nem constitui um quadro clínico específico. Esses sintomas podem ter sua origem nos pensamentos disfuncionais e emoções fortes que desequilibram a pessoa. Por exemplo, uma pessoa após anos de prática na direção de seu automóvel começa a ter taquicardia, sudorese e dificuldade para respirar. Ao ser examinada por um médico, não existe nenhum aspecto físico que justifique essa experiência. Esse quadro pode estar relacionado à crença ou a questões emocionais que dificultam a pessoa a estar em equilíbrio mesmo considerando a experiência”, salienta.

Doenças Psicossomáticas

Ao contrário da somatização, as doenças psicossomáticas podem ser detectadas por exames de laboratório, ou seja, é um problema físico desencadeado pela mente, conforme explica a psicóloga e terapeuta Karina Rodrigues. “A doença psicossomática já é diferente. Existe uma causa física para que os sintomas estejam acontecendo, porém, essa doença física tem origem na mente. As mais comuns são asma, gastrite, herpes, vitiligo, dermatite, entre outras. A gastrite, por exemplo, ocorre pelo estresse, que gera uma descarga de adrenalina que, por sua vez, dispara o sistema nervoso simpático e gera ácido gástrico no estômago, que acaba ficando muito ácido”, exemplifica.

homem, camisa vermelha, sentado, estresse

Quando provocada pelo estresse, a gastrite configura uma doença psicossomática. FOTO: Reprodução/Vinicius Tupinamba e Shuttrestock.com

LEIA TAMBÉM

Texto: Da redação Consultorias: Rosana Machado, psicóloga; Karina Rodrigues, psicóloga e terapeuta

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.