Gengibre para acabar com o estufamento!

Quando o problema é sensação de estufamento e inchaço, o gengibre entra no ringue para defender o bem-estar do processo digestivo

None
Foto: Shutterstock Images

por Redação Alto Astral
Publicado em 28/07/2016 às 19:51
Atualizado às 21:02

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Excesso de sal, falta de líquidos e repetidas refeições que não favorecem a digestão são importantes fatores para causar a famosa sensação de inchaço e estufamento abdominal ou problemas gastrointestinais e cardiovasculares. Seja qual for a causa, uma barriga estufada e pele rígida não fazem bem a ninguém.

O desconforto, no entanto, pode ser amenizado (ou até mesmo contido) com escolhas alimentares mais saudáveis para o dia a dia – caso do gengibre. “Uma boa dica é misturar o gengibre aos alimentos que propiciam a formação de gases para prevenir a sensação de incômodo. Além disso, o gengibre também tem efeito diurético, o que faz com que o inchaço diminua”, declara a cirurgiã plástica, Elódia Avila.

diferentes formas de gengibre para acabar com o estufamento

Foto: Shutterstock Images

Gengibre no ringue

Para eliminar a sensação de inchaço, o gengibre se destaca. “Ele é eficaz na prevenção das náuseas e atua na digestão, na flatulência e como relaxante em cólicas. Também reduz a formação de coágulos sanguíneos, melhorando a circulação e evitando doenças cardiovasculares”, destaca a nutricionista Maiara Fidalgo. Com isso, a diurese (produção de urina) também é favorecida.

Combinação de ouro!

Suco detox nunca sai de moda quando o assunto é saúde e, com gengibre fica ainda melhor! A melhor mistura é feita com agrião, salsão e gengibre. Juntos esses ingredientes promovem melhor digestão e motilidade.

“A combinação destes dois efeitos permite que nutrientes essenciais sejam absorvidos rapidamente, enquanto as toxinas que causam inchaço e prisão de ventre são excretadas”, explica a nutróloga e médica ortomolecular Tamara Mazaracki.

gengibre contra estufamento

Foto: Shutterstock Images

Controle o uso!

Mas, nada de exagerar, pois em grandes quantidades o gengibre pode causar queimação gástrica e até mesmo diarreia “O recomendado é consumir a quantidade equivalente a até duas colheres (chá) diariamente, se estiver ralado, mas há pessoas que toleram menos. Tem que se respeitar as características individuais”, ressalta Elódia. Se você está grávida, converse com o seu médico sobre a ingestão.

Saiba mais:

Os 7 melhores shakes contra inchaço

Chá de hibisco contra prisão de ventre? Sim!

Qual meu tipo de barriga e como fazer para diminuí-la?

Consultoria Maiara Fidalgo – nutricionista da Fluyr Saudável — Clínica de Combate à Dor e ao Estresse; Elódia Avila, cirurgiã plástica; Tamara Mazaracki, nutróloga e médica ortomolecular

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.