ESTILO DE VIDA

Fusão de empresas: entenda a estratégia e conheça exemplos

Sadia e Perdigão, Itaú e Unibanco: a fusão ocorre quando dois negócios são unificados e seus patrimônios passam a integrar uma nova instituição! Entenda

None
Foto: Reprodução/Pixabay

por Redação Alto Astral
Publicado em 17/01/2017 às 09:43
Atualizado às 17:11

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Você já ouviu falar sobre fusão de empresas, não é mesmo? Mas, o que exatamente isso quer dizer? No sentido mais amplo do termo, a fusão é quando dois negócios são unificados e seus patrimônios passam a integrar uma nova instituição, deixando de existir isoladamente.

Há alguns anos, ir ao supermercado encher o carrinho de compras e aguardar para ser atendido na fila do caixa nos rendia alguns minutos de espera, em que os diálogos dos que também esperavam por ali, às vezes, carregava uma dúvida: “Levo esse produto da Sadia ou da Perdigão?”, numa época em que essas empresas concorrentes disputavam praticamente o mesmo público, já que comercializavam produtos muito semelhantes.

Mas o tempo passou e, no ano de 2009, elas se uniram e deram origem a BRF-Brasil Food, tornando-se, para muitos, um belo exemplo do ditado: já que não pode com seu inimigo, junte-se a ele. Conheça exemplos de fusões brasileiras que deram o que falar!

puzzle peças união fusão

Foto: Reprodução/Pixabay

Itaú/Unibanco: Em 2010, foi aprovada a fusão dos bancos Itaú e Unibanco, essa última marca acabou sendo extinta prevalecendo nas agências e prédios comerciais a primeira. A união dos bancos foi estimulada também pela crise do sistema financeiro.

Submarino e Americanas: Esses dois principais sites comerciais do país fundiram-se para formar uma nova instituição, a B2W. Antes eram concorrentes que agiam com estratégias muito semelhantes que envolviam, por exemplo, isentar seus clientes do frete.

Ambev e Interbrew: A brasileira Ambev fundiu seu negócio com a belga Interbrew. Dessa fusão, nasceu a empresa InBev com intuito de obter maior margens de lucro. Faz parte dessa fusão também a maior cervejaria estadunidense, a Anheuser-Busch, que rendeu ao grupo, inclusive, um novo nome: Anheuser-Busch InBev.

LEIA TAMBÉM

Texto: Redação Alto Astral | Edição: Érika Alfaro