ESTILO DE VIDA

Como formalizar seu negócio: é barato e vantajoso!

Saiba como criar uma empresa sem investir muito. Descubra as vantagens formalizar seu negócio e porquê os brasileiros querem ser seus próprios chefes

None
Se você tem o sonho ou uma ideia de negócio, vá em frente! | Foto: Shutterstock

por Redação Alto Astral
Publicado em 03/08/2017 às 00:00
Atualizado às 17:48

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Milhares de brasileiros sonham em ter o próprio negócio, e muita gente tem conseguido! Há pessoas que fazem bolos para vender, outras criam ateliês de artesanato, além de profissionais que organizam festas e eventos. Contudo, grande parte desses trabalhadores atuam de maneira informal, o que pode impedir o crescimento do negócio. Por isso, vale a pena pensar em sair informalidade em busca da criação de uma empresa, mesmo que pequena, e formalizar seu negócio.

No primeiro semestre de 2016, o Indicador Serasa Experian de Nascimento de Empresas registrou a criação de 1.020.740 novos empreendimentos no Brasil, resultando em um aumento 3,0% em relação ao mesmo período do ano anterior, e também um número recorde desde a criação da série histórica, em 2010.

O setor de serviços de alimentação foi o mais procurado pelos empreendedores, e um dos motivos para o aumento das novas empresas é, segundo os economistas da Serasa Experian, determinado pelo chamado empreendedorismo de necessidade: “dada a destruição de vagas no mercado formal de trabalho, pessoas que perderam seus empregos estão abrindo novas empresas visando a geração de alguma renda, dadas as dificuldades econômicas atuais”, revela o relatório divulgado.

Se você também está passando por este momento de desemprego ou quer realizar o sonho de ser dono do próprio negócio, não pense que é necessário contratar vários funcionários, pagar centenas de impostos e ter um espaço em um centro comercial. Hoje em dia você pode ser tornar um microempreendedor individual (MEI) sem muita burocracia. Os MEIs são pessoas que trabalham por conta própria e se legalizam como pequenos empresários.

Texto: Lirian Pádua | Fontes: Sebrae, Serasa Experian e Portal do Empreendedor 

LEIA TAMBÉM: