ESTILO DE VIDA

Fobias podem desencadear crises de ansiedade

O medo irracional de determinadas coisas pode ser responsável por desencadear crises de ansiedade. Veja as fobias mais comuns ligadas à sensação.

None
FOTO: Shutterstock.com

por Redação Alto Astral
Publicado em 14/09/2016 às 19:01
Atualizado às 20:57

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

O sentimento deansiedade em excesso, por si só, pode se transformar em um transtorno, ou então, estar ligado a um outro distúrbio mental. Por meio da fusão dos medos e da ansiedade é que surgem os transtornos fóbicos. O medo por si só já faz a pessoa apresentar a reação defensiva de luta ou fuga natural do ser humano. Porém, se aliado à irracionalidade, o medo pode causar crises de distúrbios ansiosos. Veja os principais casos de fobias relacionados à ansiedade:

Fobia específica

Neste caso de transtorno fóbico, os sintomas da ansiedade são recorrentes quando há a possibilidade de enfrentar um medo irracional de determinados animais ou objetos.

Fobias podem desencadear crises de ansiedade

FOTO: Shutterstock.com

Agorafobia

Nesse tipo de fobia, os sintomas de ansiedade se manifestam quando o indivíduo se encontra em lugares muito fechados, muito espaçosos ou com um grande número de pessoas aglomeradas.

Fobia social

As indicações de um transtorno ansioso também podem aparecer em pessoas que têm fobia de exposição ao público. Em situações de discursos ou até mesmo em conversas com pessoas mais íntimas, taquicardia, inquietação e sudorese podem se manifestar em níveis alarmantes.

Uma nova solução?

Um estudo realizado em um laboratório da Universidade Stanford, nos Estados Unidos, identificou uma área do cérebro chamada amígdala basomedial. Responsável por influenciar as condições fisiológicas e mentais durante uma situação que envolva algum tipo de risco ou ameaça, essa região também tem a função de nos acalmar quando parecer seguro. A pesquisa mostra que as células dessa região podem ser responsáveis por mudanças de comportamento e outras características relacionadas à ansiedade. Com essa pesquisa, realizada em cobaias, os cientistas podem desenvolver novos tratamentos para transtornos ansiosos.

Veja mais:

Ansiedade: 2/3 dos pacientes podem ter sintomas depressivos

Ansiedade pode ser sinal de outros transtornos

Ansiedade e depressão podem afetar a concentração

Consultorias: Luciana Veloso, palestrante, professora, auditora-fiscal do trabalho e autora do livro Riscos Psicossociais e Saúde Mental do Trabalhador (Editora LTR, 2015); Luciano Passianotto, psicólogo; Maria Cristina De Stefano, psiquiatra; Paola Altheia, nutricionista.

Texto: Giovane Rocha/Colaborador – Entrevistas: Natália Negretti – Edição: Augusto Biason/Colaborador