Fim dos pneuzinhos: dicas infalíveis para detonar a gordura localizada!

Os abdominais, aliados a uma dieta equilibrada e saudável, podem ser a chave para o fim dos pneuzinhos! Saiba por onde começar

None
Foto: Shutterstock.com

por Redação Alto Astral
Publicado em 12/09/2017 às 07:22
Atualizado às 12:14

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

De todas as regiões do corpo, a barriguinha é sem dúvida a mais prejudicada pelo armazenamento de gordura. É só descuidar um pouco da alimentação e deixar as atividades físicas de lado que fica ainda mais difícil obter o fim dos pneuzinhos. E se estocar gordura é fácil, perder exige uma boa dose de esforço e determinação. A tarefa, porém, não é impossível de seguir. “Para diminuir a gordura corporal, o ideal é aliar a prática de exercícios físicos a uma dieta balanceada”, orienta o personal trainer Marcelo Caetano, da academia Aquasport (São Paulo). “Caso contrário, a pessoa continuará consumindo a mesma quantidade de calorias que há pouco gastou fazendo exercícios aeróbicos e nunca vai atingir o seu objetivo de emagrecer”, complementa o profissional.

Fim dos pneuzinhos

Você pode até torcer o nariz para os exercícios abdominais, mas saiba que eles são os mais importantes na tarefa para chapar a barriga. Enquanto os exercícios aeróbicos (como a caminhada, o ciclismo e a corrida) são ótimas armas para ajudar na queima das gordurinhas e acelerar a perda de peso, os abdominais dão um fim na flacidez da barriga e firmam a musculatura da região. Mas, para a alegria geral, os abdominais não precisam ser feitos todos os dias. “O abdômen, como qualquer outro músculo, deve ter seu dia de descanso para se recuperar do treino”, diz Caetano. “Devemos treinar o abdômen, pelo menos duas vezes por semana, em dias alternados. Menos que isso a musculatura não responderia bem aos estímulos e não teria avanços”, finaliza.

Faça em casa

Para definir o abdômen, devemos trabalhar as 3 partes da musculatura com 2 exercícios diferentes. Faça 4 séries de 12 repetições para cada um deles.

  • Reto abdominal: deitada de barriga para cima e com as mãos atrás da cabeça, suba o corpo com a coluna curvada. Volte para baixo, sem deitar totalmente.
  • Transverso abdominal: encolha o abdômen e faça uma expiração como se estivesse enchendo uma bexiga.

Texto: Leonardo Valle/Colaborador | Consultoria: Marcelo Caetano, professor da academia Aquasport (São Paulo), (11) 5081-3879

LEIA TAMBÉM

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.