Aproveite as férias de inverno para curtir a neve em Portillo

Considerada a melhor estação de esqui do Chile, Portillo é ideal para quem quer curtir a neve durante as férias de inverno.

None
Foto: divulgação/ Portillo/AD Comunicação & Marketin

por Redação Alto Astral
Publicado em 07/02/2018 às 10:43
Atualizado às 14:17

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Localizado no Chile, Portillo é o destino ideal para quem quer aproveitar as férias de inverno para curtir a neve e esquiar muito. Com 34 pistas de esqui e diferentes níveis de dificuldade, a estação conta com  com sistema de produção de neve artificial para os períodos mais críticos, além de escola de esqui e snowboard. Saiba mais sobre esse destino, prepare as malas e boa viagem!

Portillo: como tudo começou

Quem visita Portillo nos dias de hoje não faz ideia de como tudo começou. O centro de esqui, que atualmente é considerado o melhor do Chile e recebe praticantes do esporte vindos de países como Canadá e Estados Unidos, já foi apenas uma grande montanha de neve.

Tudo começou em 1.887, quando o governo chileno contratou engenheiros ingleses para estudar a possibilidade de construir uma ferrovia que cruzasse os Andes e ligasse o Chile à cidade argentina de Mendoza. Para observar o terreno e avaliar as necessidades e possibilidades da obra, os engenheiros ingleses lançaram mão de um truque: os equis. Com o tempo, a novidade se espalhou e outros praticantes do esporte começaram a frequentar o local.

Em 1.961, dois norte-americanos compraram as instalações de um antigo hotel e decidiram profissionalizar o negócio de esqui em Portillo. Henry Purcell, um novato de 26 anos na época, foi o contratado para administrar o empreendimento. O trabalho tornou-se uma grande paixão e, com muita persistência, Henry passou de administrador para dono do complexo.

Turistas se divertem em Portillo durante a alta temporada, que vai de junho a outubro

FOTO: divulgação/ Portillo/AD Comunicação & Marketing

Como chegar

Portillo fica cerca de 160 km de distância de Santiago. Ir de carro é uma das opções para se chegar até o centro de esqui. As outras são os transfers, os traslados, os tours (contratados em agências de viagem) e as linhas de ônibus. Quem optar pela última alternativa pode pegá-la diretamente na rodoviária da Santiago. Já os traslados saem diretamente do aeroporto e podem ser negociados com o próprio centro de esqui, por meio do email [email protected].

Onde ficar

Portillo oferece três opções de hospedagem. A mais cara e luxuosa é o famoso Hotel Portillo. Conhecido por sua cor amarela, o local possui 123 acomodações, algumas como vista para o belo lago inca.

Já os lodges Octagon e Inca são opções mais econômicas. Os quartos são coletivos e as camas são beliches.

São Bernardo e Hotel Amarelo: dois símbolos de Portillo

Foto: divulgação/ Portillo/AD Comunicação & Marketing

Onde comer

Portillo tem cinco opções de alimentação, entre bares e restaurantes. O Restaurante Principal é o mais sofisticado e oferece refeições completas, com direito à participação de chef e maitre.

Já o Tio Bob’s é apreciado por visitantes que gostam de churrasco chileno e por sua vista para a pista de esqui. A opção mais barata é o autosserviço, onde as refeições são fartas e com variedade.

O restaurante Ski Box e o Bar de Portillo completam as alternativas

A temporada de esqui em Portillo vai de 21 de junho a 4 de outubro.

LEIA TAMBÉM

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.