ESTILO DE VIDA

Inspire-se na história da jovem que fatura com doces artesanais

Conheça o trabalho da jovem de 20 anos que montou seu próprio negócio, que une inovação e criatividade e hoje fatura com doces artesanais!

None
Foto: Acervo Pessoal

por Lirian Coelho
Publicado em 17/01/2017 às 13:48
Atualizado às 18:00

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Aos 15 anos, Ana Beatriz Demarchi e Silva sabia que, de alguma forma, seu futuro seria doce. Ainda estudante, Ana dedicou-se à produção de cupcakes, docinhos e sobremesas em casa, por pura curiosidade. Frequentemente, a garota presenteava familiares e amigos com delícias açucaradas. “Foi então que percebi que amava aquilo, e que queria seguir aprendendo por toda a minha vida”, conta. Agora, aos 20 anos, Ana é formada em Gastronomia pela Universidade do Sagrado Coração em Bauru, interior de São Paulo, e fatura com doces artesanais. Ana também é responsável pelo Acesso Gourmet, empresa especializada em doces artesanais. Confira a trajetória do negócio, além de dicas para quem quer se aventurar por esse mundo delicioso!

Ana Beatriz Demarchi no balcão trabalhand com confeitaria

Foto: Acervo pessoal

Conheça a história da jovem que fatura com doces artesanais

Dedicação é a chave do sucesso

Para que seu negócio ganhe força e decole como você sempre sonhou, Ana afirma que, além de saber lidar com as dificuldades do dia a dia, é necessário ter paixão pelo que se faz, e acrescentar muitas porções de dedicação à receita. “O misto de amor e dedicação me define. Durante a Páscoa, são várias e várias noites sem dormir para conseguir atender pelo menos um pouco mais da metade do que eu gostaria”, confessa. Mas a dedicação não é o único ingrediente utilizado pela culinarista: “uma das chaves para o sucesso de qualquer produto preparado artesanalmente é escolher bem a matéria-prima e fazer testes e mais testes, até ficar perfeito. Escolho pelo melhor paladar que o chocolate proporcione, sou uma chocólatra assumida, então, acabo sendo megacrítica”, afirma.

Dificuldades existem!

Para Ana Beatriz, um dos principais problemas enfrentados é o preconceito. “O machismo nessa profissão é algo absurdo”, comenta. Além disso, por ser tão jovem, ela também enfrentou comentários maldosos sobre seu profissionalismo: “principalmente para mim, o mais difícil – tanto no começo da produção quanto ao abrir o Acesso Gourmet – foi a forma com que as pessoas lidam com alguém tão novo na profissão”. Mas Ana garante que sabe lidar perfeitamente com isso, e que conquista seu lugar diariamente: “são essas pequenas conquistas que fazem tudo valer a pena”.

Dicas de mestre

Segundo Ana Beatriz, deve-se ficar atenta à temperatura do chocolate, para criar o ovo de Páscoa perfeito. “Nunca deixe o ingrediente sofrer mudanças bruscas de temperatura. Apenas aqueça para conseguir fazer a temperagem perfeita. Ele é um dos ingredientes mais delicados do mundo e, seguir toda a linha de como derreter, temperar para manter a estrutura do chocolate e moldar, é o segredo para o ovo derreter perfeitamente na boca. Cada tipo de chocolate tem o seu modo de preparo: o branco é o mais sensível ao calor, seguido do ao leite e, por último, o meio amargo”.

Ana Beatriz Demarchi sorrindo e segurando um rolo de macarrão

Foto: Acervo pessoal

 Um clique de distância

O Acesso Gourmet não conta com um local físico para vendas, portanto, a internet e as redes sociais são vitais para a empresa. “Ainda não tenho um espaço físico montado para atender em grande escala, mas é algo que já está na lista de desejos”, comenta. “A internet e as redes sociais são meu maior ‘ponto de venda’. As pessoas ‘comem com os olhos’, então, se você posta alguma foto que dê vontade em alguém, coloca preços acessíveis, sabores, eles se interessam”. Ana Beatriz resume seu atendimento em apenas uma lição – superimportante, aliás: “responda rápido e esteja disponível para poder atender todas as necessidades dos clientes”. Segundo a empresária, com o tempo, o reconhecimento virá!

Anote as dicas!

  • Utilize as redes sociais como um ponto de venda;
  • Faça atualizações diárias;
  • Responda dúvidas e comentários;
  • Facebook e Snapchat são ótimos para mostrar o passo a passo dos doces;
  • Fique de olho na concorrência;
  • Saiba ouvir e ponderar o pedido de novas sobremesas e sabores.

Contatos:

WhatsApp: (14) 98148-9136
Snapchat e Insta: acessogourmet1
Facebook: Acesso Gourmet
Texto: Melissa Ladeia

LEIA TAMBÉM