ESTILO DE VIDA

Pesquisas apontam fatos curiosos que afetam sua inteligência

São vários os fatores que podem influenciar no desenvolvimento da sua inteligência. E, segundo estudos, até seu pet pode ter participação nisso

None
FOTO: Shutterstock.com

por Redação Alto Astral
Publicado em 29/11/2016 às 09:59
Atualizado às 15:21

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Segundo alguns estudos, os atributos comuns às pessoas inteligentes são alguns aspectos simples — como acordar tarde ou ter um gato como animal de estimação, por exemplo. É isso mesmo: ter certas atitudes ou características pode ser um sinal de que você é uma pessoa com uma inteligência acima da média.

Ter um gato

Gato x cachorro. A preferência por um dos animais é ponto central de uma disputa para saber qual é o melhor pet. E essa guerra tem um novo argumento. Quem é mais inteligente: donos de cães ou donos de gatos? Segundo um estudo realizado na Universidade Carroll, nos Estados Unidos, os criadores de felinos têm um QI superior.

mulher-pensando-interrogacao-inteligencia

FOTO: Shutterstock.com

Mas, se você tiver um cachorro em casa, fique tranquilo. Provavelmente você seja mais simpático que os donos de gatos. Os pesquisadores sugeriram que essa diferença se dá devido à personalidade de cada um: os que preferem cachorros precisam passear com os bichinhos, se relacionando mais, enquanto os que possuem gatos passam mais tempo em casa, trabalhando o cérebro com leituras, por exemplo.

Dormir tarde diminui a inteligência?

Esta é para quem curte a madrugada. A Universidade de Economia e Ciências Políticas de Londres, na Inglaterra, fez um estudo comparando os índices do quociente de inteligência (QI) e os hábitos de sono de mais de 20 mil indivíduos. Segundo os cientistas, ficar acordado até mais tarde pode significar maior curiosidade, vitalidade intelectual e complexidade cognitiva.

De acordo com o levantamento, pessoas com QI alto (acima de 125), na média, dormem por volta das 0h29 e acordam às 7h52 nos dias de semana, enquanto deitam-se à 1h44 e levantam-se às 11h07 nos finais de semana — aproximadamente uma hora mais tarde em relação a quem apresenta um QI abaixo de 75 e meia hora mais tarde comparado àqueles cujo QI se encontra no patamar entre 90 e 110.

LEIA TAMBÉM

Texto: Augusto Biason/Colaborador – Edição: Giovane Rocha/Colaborador