Conheça as fases do ciclo menstrual e o que acontece em cada uma

Poucas mulheres sabem por que acontecem mudanças no corpo ao longo do mês. Conheça as alterações ocorridas no organismo durante as fases do ciclo menstrual.

None
Foto: Shutterstock

por Redação Alto Astral
Publicado em 21/08/2020 às 12:00
Atualizado às 13:15

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Não é difícil identificar aquele período do mês em que sentimos algumas mudanças no nosso corpo, seja na pele ou, até mesmo, no humor. No entanto, você já deve ter reparado que nem todos os dias durante a menstruação são iguais, não é mesmo? Isso acontece por conta das diferentes fases do ciclo menstrual.

Apesar desse período ser único para cada pessoa, existem algumas reações do nosso organismo que são iguais muito comuns para a maioria. Ainda está com dúvidas e quer entender mais sobre o assunto? Pois então, a ginecologista Maria Elisa Noriler explica quais são as fases do ciclo menstrual e o que acontece em cada uma delas, confira!

Quais são as fases do ciclo menstrual?

Fase folicular

Esta é a primeira das fases do ciclo menstrual. Ela começa logo no primeiro dia de sangramento e dura cerca de 15 dias, até imediatamente antes da rápida elevação da concentração do hormônio luteinizante (LH), que leva à ovulação.

Após a menstruação, a mulher se sente mais disposta devido ao aumento dos níveis de estrogênio. O endométrio fica mais espesso para receber um possível óvulo fecundado. Nesta fase, aproveite a energia para focar nos exercícios físicos.

Fase ovulatória

Nessa fase também há aumento da lubrificação vaginal e do desejo sexual. Por isso, as chances de engravidar são maiores. Essa é uma ótima fase para aproveitar o clima e, se estiver nos planos, pode tentar uma gravidez.

Fase lútea

A fase lútea tem início após a ovulação e dura 14 dias, terminando exatamente antes do período menstrual. Esta é a última etapa do ciclo, e é nela que o óvulo é preparado para a fecundação. Para tratar melhor os sintomas, o TDPM deve ser diferenciado da TPM comum, além de investigar se ele não está apenas potencializando os sintomas de outras doenças psiquiátricas.

Menstruação

No término da fase lútea ocorre a descamação das camadas do endométrio, o que chamamos de menstruação. Este período pode ser marcado por alguns sintomas que muitas mulheres conhecem bem: dores de cabeça, cansaço, cólicas e inchaço. Isso acontece devido aos baixos níveis de estrogênio e a liberação de prostaglandinas, responsáveis por dor e cólicas.

Bebê a caminho!

Se o óvulo não for fecundado ou se ele não se implantar no útero após a fecundação, o corpo lúteo se degenera após 14 dias e as fases do ciclo menstrual recomeçam. Porém, se o embrião for implantado, as células ao redor dele começam a produzir um hormônio chamado gonadotrofina coriônica humana.

Esse hormônio mantém o corpo lúteo, que continua a produzir progesterona até que o feto em crescimento possa produzir seus próprios hormônios. Os testes de gravidez são baseados na detecção de um aumento no nível de gonadotrofina coriônica humana.

Leia também:

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.